Reabilitação urbana contrai 14,6% em novembro

A atividade na reabilitação urbana registou uma contração em termos homólogos de 14,6% em novembro, enquanto a carteira de encomendas recuou 13,6%, anunciou hoje a Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas.

Reabilitação urbana contrai 14,6% em novembro

Reabilitação urbana contrai 14,6% em novembro

A atividade na reabilitação urbana registou uma contração em termos homólogos de 14,6% em novembro, enquanto a carteira de encomendas recuou 13,6%, anunciou hoje a Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas.

“O índice que mede a evolução do Nível de Atividade na Reabilitação Urbana regista uma contração de 14,6% em termos homólogos em novembro, menos 2,2 pontos percentuais (p.p.) que o verificado no mês anterior”, ao passo que No índice Carteira de Encomendas observa-se uma redução de 13,6%, em termos homólogos, valor que é 1,9 p.p. inferior ao apurado em outubro, refere a associação representativa do setor, em comunicado.

Daí que a AICCOPN, baseando-se no inquérito por si efetuado aos empresários que operam no mercado da reabilitação urbana, constatou a “manutenção da tendência decrescente” observada nos últimos meses nos principais indicadores qualitativos de atividade.

Isto ocorre, sustenta, “num momento em que a imposição de restrições resultantes da situação pandémica, afetam as empresas e as condições operacionais em que as intervenções são desenvolvidas”.

No entanto, a AICCOPN realça também que em relação ao número de meses de produção contratada, ou seja, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, em novembro foi possível constatar uma “recuperação face ao apurado nos meses anteriores”, fixando-se em 8,8 meses.

JS // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS