PSP/Porto terá a partir de quinta-feira 50 agentes dedicados à zona da movida

Cinquenta agentes da PSP começam na quinta-feira a patrulhar em exclusivo as zonas críticas do Porto, em particular a zona da movida, anunciou hoje a superintendente chefe do Comando Metropolitano do Porto, Paula Peneda.

PSP/Porto terá a partir de quinta-feira 50 agentes dedicados à zona da movida

PSP/Porto terá a partir de quinta-feira 50 agentes dedicados à zona da movida

Cinquenta agentes da PSP começam na quinta-feira a patrulhar em exclusivo as zonas críticas do Porto, em particular a zona da movida, anunciou hoje a superintendente chefe do Comando Metropolitano do Porto, Paula Peneda.

Em declarações à margem da apresentação das equipas dedicadas ao policiamento de visibilidade na área do Comando Metropolitano do Porto (COMETPOR) da PSP, após a chegada de mais 186 polícias na última segunda-feira, a responsável explicou de que forma vão as equipas atuar.

“Do reforço que recebi retirei 50 polícias para estarem em exclusividade dedicados à visibilidade policial. Não têm mais nenhuma tarefa a não ser esta. Desde segunda-feira que estão formadas cinco equipas de 10 polícias que trabalharão rotativamente, como os outros polícias, e nos mesmos horários”, disse.

Paula Peneda revelou que as equipas “amanhã [quinta-feira] já começam a trabalhar” depois de tudo ter sido preparado para começarem a funcionar na segunda-feira.

“Já havia instalações, carrinhas, já havia tudo”, garantiu.

Paula Peneda acrescentou que a sua distribuição será feita pelas zonas que a Polícia entende “mais críticas”, e exclusivamente no Porto.

“Na cidade do Porto, numa primeira face, porque isto é um projeto-piloto e há que perceber como é que isto corre e como todos os projetos-piloto pode precisar de ser reajustado e alguma coisa não correr tão bem como aquilo que estou a pensar, muito embora eu ache que, está de tal forma planeado que tem tudo para correr bem, mas é um projeto-piloto”, explicou.

Paula Peneda garantiu ainda que a presença nas ruas “será de 24 horas” e que essa foi a razão pela criação dos “cinco grupos”.

“A zona da movida é a nossa preocupação, estamos a adequar o policiamento às nossas preocupações”, acrescentou.

JFO // RBF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS