PSI20 segue em alta com Galp e EDP a puxarem pelos ganhos

A bolsa de Lisboa seguia hoje em alta, em linha com a tendência das congéneres europeias, com as ações da Galp e da EDP a puxarem pelos ganhos.

PSI20 segue em alta com Galp e EDP a puxarem pelos ganhos

PSI20 segue em alta com Galp e EDP a puxarem pelos ganhos

A bolsa de Lisboa seguia hoje em alta, em linha com a tendência das congéneres europeias, com as ações da Galp e da EDP a puxarem pelos ganhos.

Pelas 08:45, o principal índice da bolsa de Lisboa seguia a avançar 0,69% para 5.188,86 pontos, com 13 ações em alta, três em baixa e duas inalteradas.

A liderar os ganhos seguiam a Galp e a EDP, que avançavam 2,11% e 1,10% para 13,78 euros e 3,39 euros, respetivamente.

A Jerónimo Martins seguiam também em alta de 0,39% para 14,31 euros e o BCP avançava 0,14% para 0,28 euros.

Do lado das perdas estavam a Sonae Capital e a Corticeira Amorim, que desvalorizavam 0,54% e 0,20% para 0,73 euros e 9,94 euros, respetivamente.

Lisboa seguia alinhada com as principais congéneres europeias.

De acordo com a analista da XTB, Carla Santos, as bolsas “explodem em alta” depois de o S&P500 ter batido um novo máximo histórico, ultrapassando 3000 pontos.

A contribuir para este feito, estiveram as declarações do presidente da Reserva Federal norte-americana (FED), Jerome Powell.

Jerome Powell deixou hoje a porta aberta a uma próxima descida das taxas de juro, ao descrever no Congresso um quadro mitigado da economia norte-americana, submetida a riscos persistentes.

Perante os congressistas, Powell, que está sob pressão dos investidores e da Casa Branca para descer as taxas de juro, apontou “as inquietações sobre a fraqueza do crescimento (da economia) internacional” e “as incertezas sobre as tensões comerciais”, que podem “ter um impacto sobre a economia” dos EUA.

O petróleo também dispara em alta, com os ‘stocks’ nos EUA a caírem e com preocupação em relação à tempestade no Golfo do México.

ICO (RN) // SB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS