Prejuízos da Global Media agravam-se para 17,7 ME em 2020

A Global Media Group, que detém títulos como o DN e a TSF, entre outros, registou prejuízos de 17,7 milhões de euros em 2020, um agravamento face ao resultado líquido negativo de 7,6 milhões de euros em 2019.

Prejuízos da Global Media agravam-se para 17,7 ME em 2020

Prejuízos da Global Media agravam-se para 17,7 ME em 2020

A Global Media Group, que detém títulos como o DN e a TSF, entre outros, registou prejuízos de 17,7 milhões de euros em 2020, um agravamento face ao resultado líquido negativo de 7,6 milhões de euros em 2019.

A Global Media Group, que detém títulos como o DN e a TSF, entre outros, registou prejuízos de 17,7 milhões de euros em 2020, um agravamento face ao resultado líquido negativo de 7,6 milhões de euros em 2019. Esta informação consta do portal da transparência da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). O portal consiste numa base de dados eletrónica na qual podem ser consultadas informações sobre titularidade, gestão e meios de financiamento das entidades que prosseguem atividades de comunicação social sob jurisdição do Estado português.

De acordo com os dados disponíveis, no ano passado a Global Media Group (GMG) registou prejuízos de 17.706.221 euros, sendo que os resultados antes de depreciações, gastos de financiamento e impostos ascenderam a 14,5 milhões de euros negativos. Segundo os indicadores financeiros disponibilizadas no portal, os rendimentos totais no ano passado ascenderam a 37,7 milhões de euros, uma subida de cerca de 1% face aos 37,3 milhões de euros registados em 2019.

No ano passado, o passivo total da dona do Diário de Notícias (DN) e do Jornal de Notícias (JN) totalizava 52,5 milhões de euros (61,2 milhões de euros em 2019). O capital social era de 8,3 milhões de euros em 2020.

Em 2018, a Global Media registou prejuízos de 9,1 milhões de euros, um agravamento face ao resultado negativo de 4,5 milhões de euros de 2017. Os rendimentos totais em 2017 ascenderam a 43,6 milhões de euros, valor que subiu ligeiramente no ano seguinte para 43,8 milhões de euros, invertendo a tendência em 2019.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS