Preços ao consumidor da China caíram em novembro pela primeira vez desde 2009

O principal indicador de inflação na China, o índice de preços ao consumidor, registou uma contração homóloga de 0,5% em novembro, na primeira queda desde outubro de 2009, segundo dados oficiais hoje divulgados.

Preços ao consumidor da China caíram em novembro pela primeira vez desde 2009

Preços ao consumidor da China caíram em novembro pela primeira vez desde 2009

O principal indicador de inflação na China, o índice de preços ao consumidor, registou uma contração homóloga de 0,5% em novembro, na primeira queda desde outubro de 2009, segundo dados oficiais hoje divulgados.

Em outubro, aquele indicador tinha já registado o menor crescimento homólogo dos últimos onze anos, sobretudo devido à queda do preço da carne de porco, que chegou a registar subidas homólogas acima dos 100%, nos últimos 19 meses, devido a um surto de peste suína que devastou a produção doméstica.

Em outubro, o preço da carne de porco caiu 2,8%, mas em novembro a queda foi superior e fixou-se em 12,5%.

Dong Lijuan, estatístico do Gabinete Nacional de Estatísticas (GNE) da China, atribuiu a queda no preço à “recuperação contínua da produção de carne suína”.

No conjunto, os preços dos alimentos caíram 2%, em novembro, a primeira queda desde janeiro de 2018.

No período de janeiro a novembro, a inflação ao consumidor da China aumentou 2,7%, em relação ao mesmo período de 2019.

O índice de preços ao produtor da China caiu, em novembro, 1,5%, em relação ao mesmo mês do ano anterior, depois de registar uma queda de 2,1% em outubro.

O GNE disse que a produção industrial da China continuou a recuperar, enquanto a procura no mercado aumentou, elevando os preços dos bens industriais.

JPI // PTA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS