Portugal usa “trunfo” da vacinação para captar turistas alemães

Portugal está a usar “todos os trunfos que tem”, entre eles a alta taxa de vacinação contra a covid-19, para captar turistas alemães e recuperar os números de 2019, quase 2.000ME de receita.

Portugal usa

Portugal usa “trunfo” da vacinação para captar turistas alemães

Portugal está a usar “todos os trunfos que tem”, entre eles a alta taxa de vacinação contra a covid-19, para captar turistas alemães e recuperar os números de 2019, quase 2.000ME de receita.

Berlim, 16 nov 2021 (Lusa) — Portugal está a usar “todos os trunfos que tem”, entre eles a alta taxa de vacinação contra a covid-19, para captar turistas alemães e recuperar os números de 2019, quase dois mil milhões de euros de receita.

“Portugal está a usar todos os trunfos que tem. Estamos a jogar com o baralho todo”, sublinhou a secretária de estado do Turismo, Rita Marques, especificando os argumentos usados nos três dias de reuniões presenciais nas cidades alemãs de Frankfurt e Dusseldorf.

“Está a usar o trunfo a taxa da vacinação, que, como sabemos, é uma das mais altas da Europa. Está a jogar com uma estratégia para o setor do turismo, desenhada em 2017, ancorada nos grandes pilares da sustentabilidade (…) Com o trunfo de ser o primeiro país do mundo a apresentar um selo de segurança sanitária, e de ter formado durante a pandemia mais de 170 mil profissionais do setor (…)”, adiantou a governante, em declarações à agência Lusa.

Em 2019, o mercado alemão, “extremamente importante” para Portugal, representou seis milhões de dormidas e 1,5 milhões de hóspedes. No segundo dia de reuniões presenciais com companhias aéreas, operadores turísticos e imprensa especializada, Rita Marques salientou a importância de “estabelecer um contexto de confiança redobrado”, depois de 20 meses de pandemia de covid-19.

“Não queremos só os números, queremos contribuir ativamente para uma maior dispersão territorial do turista alemão no nosso território (…) Não queremos que venham só na época alta, estamos a trabalhar muito na sazonalidade. E queremos que tenham uma experiência cada vez mais autêntica”, detalhou a secretária de Estado.

A responsável da pasta do turismo no Governo português sublinhou que o mundo está a caminhar para “uma nova normalidade”.

“Mais do que assustados, temos de estar ativamente a monitorizar a situação. Temos uma situação muito diferente daquela que tínhamos há 20 meses quando foi identificada esta pandemia. Temos uma vacina, uma taxa de vacinação muito importante, o Certificado Europeu muito funcional”, lembrou.

Rita Marques assume que o perfil do cliente alemão é “muito exigente” e está “muito sedento de experiências de nicho, muito para além de Portugal como destino sol e mar”, destacando a importância de oferecer estes produtos.

  

JYD // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS