PIB britânico contrai-se 0,2% no segundo trimestre

O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido recuou 0,2% no segundo trimestre, depois de ter crescido 0,5% nos primeiros três meses, informou hoje a agência nacional de estatística britânica.

PIB britânico contrai-se 0,2% no segundo trimestre

PIB britânico contrai-se 0,2% no segundo trimestre

O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido recuou 0,2% no segundo trimestre, depois de ter crescido 0,5% nos primeiros três meses, informou hoje a agência nacional de estatística britânica.

Com base no primeiro cálculo do PIB no segundo trimestre, a agência nacional de estatística britânica (ONS, Office for National Statistics) constata um recuo da economia britânica, pouco depois do Banco de Inglaterra ter revisto em baixa as previsões anuais de crescimento devido ao risco de um ‘brexit’ sem acordo.

O setor industrial foi o mais castigado no segundo trimestre, com uma contração de 2,3%, depois de ter avançado nos primeiros três meses do ano devido à acumulação de existências antes da saída da União Europeia (UE), inicialmente prevista para 29 de março.

O conjunto do setor produtivo do Reino Unido contraiu-se 1,4%, enquanto o setor da construção recuou 1,3%.

Os serviços foram o único setor que contribuiu de forma positiva para a economia britânica no segundo trimestre com um avanço de 0,1%.

O cálculo preliminar do PIB do segundo trimestre está abaixo das expectativas da maioria dos analistas, que tinham previsto que o indicador se manteria em 0%.

Depois do anúncio da ONS, a libra esterlina recuava 0,34% face ao euro, para 1,0819 euros, e 0,21% face ao dólar norte-americano, para 1,2110 dólares, enquanto o principal índice da bolsa de Londres, o FTSE-100, perdia 0,33%.

No início de agosto, o Banco de Inglaterra reviu em baixa as previsões anuais de crescimento de 1,5% para 1,3%, uma correção que justificou com as tensões comerciais globais e a incerteza provocada pela possibilidade de um ‘Brexit’ não negociado.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, é partidário de abandonar a UE mesmo sem negociação de condições de saída com Bruxelas, um cenário que segundo o banco central pode desencadear uma recessão no Reino Unido.

MC // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS