Pessimismo quanto a eventual recessão nos EUA arrasta Wall Street para baixo

A bolsa nova-iorquina fechou hoje em terreno misto, com o alargado S&P500 a recuar 0,19%, na sua pior série desde outubro por receio a uma recessão, e o tecnológico Nasdaq 0,51%.

Pessimismo quanto a eventual recessão nos EUA arrasta Wall Street para baixo

Pessimismo quanto a eventual recessão nos EUA arrasta Wall Street para baixo

A bolsa nova-iorquina fechou hoje em terreno misto, com o alargado S&P500 a recuar 0,19%, na sua pior série desde outubro por receio a uma recessão, e o tecnológico Nasdaq 0,51%.

Os resultados definitivos da sessão indicam ainda que, pelo contrário, o índice seletivo Dow Jones Industrial Average teve um avanço, se bem que ínfimo, de 1,58 unidades, para as 33.597,92.

As transações bolsistas começaram em alta, mas a inversão da designada curva de rendimento da dívida pública federal alterou a disposição, uma vez que é indicador de recessão.

O rendimento da obrigação a 10 anos estava em 3,41% no fim da sessão, ao passo que o do título a dois anos era superior, de 4,25%, com ambos a evoluírem cada vez mais em direções opostas.  

“A inversão da curva de rendimentos aprofundou-se e alcançou o seu ponto mais baixo em quatro décadas, o que configura claramente esta economia para uma recessão que não vai ser suave”, opinou o analista Ed Moya, da Oanda.

Os investidores estão na expectativa da reunião da Reserva Federal, na próxima semana, sobre política monetária, da qual esperam uma subida da taxa de juro de referência inferior à que tem sido decidida, mas receiam que o seu nível elevado se prolongue no tempo.

Antes, porém, vão ser conhecidos dados sobre o desemprego na quinta-feira e, depois, a confiança dos consumidores e os preços no produtor na sexta, que o banco central vai considerar na sua decisão.  

 

RN // RBF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS