Peritos franceses apontam semelhanças entre dois acidentes com Boeing 737 MAX

A agência francesa de investigação sobre segurança da aviação civil (BEA) concluiu que há “semelhanças claras” entre a queda de um Boeing 737 MAX da Ethiopian Airlines e o acidente com um aparelho da Lion Air em outubro passado.

Peritos franceses apontam semelhanças entre dois acidentes com Boeing 737 MAX

Peritos franceses apontam semelhanças entre dois acidentes com Boeing 737 MAX

A agência francesa de investigação sobre segurança da aviação civil (BEA) concluiu que há “semelhanças claras” entre a queda de um Boeing 737 MAX da Ethiopian Airlines e o acidente com um aparelho da Lion Air em outubro passado.

Os peritos franceses que analisam as caixas negras do avião da Ethiopian Airlines, que se despenhou no passado dia 10 na Etiópia, provocando 157 mortos, salientaram que os dados recolhidos mostram as semelhanças e serão usados para um estudo mais aprofundado, segundo a agência Associated Press.

As autoridades da Etiópia pediram que a análise das caixas negras fosse feita pela BEA, uma vez que não dispunham de tecnologia adequada para o fazerem, mas disseram que divulgam um relatório preliminar sobre o ocorrido no prazo de 30 dias.

No domingo, o Governo etíope já tinha anunciado que as caixas negras do Boeing 737 MAX 8 que caiu no passado dia 10 mostraram “semelhanças claras” com a queda em outubro de um aparelho do mesmo tipo da companhia indonésia Lion Air.

“Durante a investigação (…) foram notadas semelhanças claras entre o voo 302 da Ethiopian Airlines e o voo 610 da Lion Air”, declarou a ministra dos Transportes da Etiópia, Dagmawit Moges, em conferência de imprensa.

O aparelho da Lion Air caiu no mar ao largo da Indonésia, provocando 189 mortos, e a investigação ao acidente até agora pôs em causa o sistema de estabilização em voo.

Os dois aparelhos registaram subidas e descidas irregulares logo após a descolagem.

EO (PAL) // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS