Pandemia deixa cada português com dívida de mais de 26 mil euros

A dívida pública disparou com a covid-19 mais 20 mil milhões de euros só em 2020. Ministro das Finanças diz que finanças públicas devem ser equilibradas.

Pandemia deixa cada português com dívida de mais de 26 mil euros

Pandemia deixa cada português com dívida de mais de 26 mil euros

A dívida pública disparou com a covid-19 mais 20 mil milhões de euros só em 2020. Ministro das Finanças diz que finanças públicas devem ser equilibradas.

A pandemia de covid-19 é um grave problema no dia a dia dos portugueses muito para lá do de Saúde, e a fatura vai prolongar-se por largos anos. O Banco de Portugal revela que a dívida pública portuguesa bateu um novo recorde no ano passado, indo além dos 270,4 mil milhões de euros. Ou seja, cada cidadão português deve mais 26 mil euros.

Ministro João Leão confrontado com a escalada da dívida pública

Mário Centeno – que manifestou preocupações relativas à sustentabilidade da dívida – admite que no ano passado ainda foi possível conseguir uma “almofada financeira” com o aumento dos depósitos das administrações públicas em 9,4 mil milhões de euros. Os números foram divulgados pelo ministro das Finanças português, ouvido no Comité de Assuntos Económicos e Monetários do Parlamento Europeu, no âmbito da presidência portuguesa da União Europeia.

Sem compra de dívida, muitos países já estariam em insolvência

João Leão foi confrontado precisamente com a escalada da dívida pública na UE que, em 2013 era de 86% do Produto Interno Bruto (PIB), mas que no ano passado passou para os 94% do PIB. Os eurodeputados lembraram aliás que sem o programa de compra de dívida do Banco Central Europeu (BCE) muitos países já estariam em insolvência. O nosso ministro considerou por isso que o crescimento da dívida pública “é um desafio que a Europa tem de enfrentar”.

Portugal gasta um terço acima das suas possibilidades

Para o governante, a UE tem “continuar a dar uma resposta forte em relação à pandemia, sem colocar em risco, no médio prazo, o equilíbrio das finanças públicas” e salientou a importância do investimento público na recuperação da atividade económica, considerando fundamental mobilizar o investimento na UE. De acordo com o Governo português, teremos chegado ao fim do ano 2020 com rácio de dívida pública sobre o PIB na ordem dos 134,8%. Ou seja: gastamos um terço acima daquilo que temos.

LEIA TAMBÉM
Detida funcionária que roubava ouro a doentes internados
Detida funcionária que roubava ouro a doentes internados
Alguns doentes ainda denunciaram a situação, mas sem conseguir identificar quem lhes roubara as peças de ouro. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS