Operadora estatal moçambicana amortiza 2,6ME em dívida para manter interligação

A Tmcel, operadora de telecomunicações estatal de Moçambique, tem de pagar “de imediato” 200 milhões de meticais (2,6 milhões de euros) à Vodacom, líder de mercado, para esta manter a interligação entre ambas, anunciaram em comunicado.

Operadora estatal moçambicana amortiza 2,6ME em dívida para manter interligação

Operadora estatal moçambicana amortiza 2,6ME em dívida para manter interligação

A Tmcel, operadora de telecomunicações estatal de Moçambique, tem de pagar “de imediato” 200 milhões de meticais (2,6 milhões de euros) à Vodacom, líder de mercado, para esta manter a interligação entre ambas, anunciaram em comunicado.

O valor corresponde a um terço da dívida da Tmcel reclamada pela Vodacom.

A operadora estatal tem ainda 90 dias para apresentar uma proposta concreta de pagamento dos 400 milhões de meticais (5,3 milhões de euros) remanescentes da dívida de interligação.

Ainda segundo o acordo, a operadora estatal deverá fazer pagamentos mensais de 12 milhões de meticais (160 mil euros) das faturas de interligação, para não deixar que aconteça nova acumulação de dívida.

O acordo surge depois de a Vodacom ter ameaçado em 15 de junho cortar as comunicações com a Tmcel devido a “sucessivos incumprimentos” desde 2018.

Após atravessar uma crise, a operadora estatal Tmcel, a primeira em Moçambique, foi uma das empresas restruturadas pelo Governo, no âmbito da revisão da sua carteira de participações adotada nos últimos anos.

A Tmcel é resultado da fusão das operadoras de telecomunicações estatais Moçambique Celular (Mcel) e Telecomunicações de Moçambique (TDM), anunciada em 2016, no âmbito da reestruturação do setor público empresarial.

Dados mais recentes do Instituto Nacional de Comunicações de Moçambique indicam que a Vodacom tem a maior quota de mercado de dados móveis, com cerca de seis milhões de clientes, seguida da Movitel, com cerca de quatro milhões, e da estatal TMcel, com pouco mais de três milhões de clientes.

LFO (EYAC) // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS