OE2021: “Não hesitaremos na proteção do rendimento das famílias e emprego”, diz ministro Finanças

O ministro das Finanças disse, na apresentação do Orçamento, que o Governo não hesitará em proteger o rendimento das famílias e o emprego e que recusa a austeridade como resposta à crise.

OE2021:

OE2021: “Não hesitaremos na proteção do rendimento das famílias e emprego”, diz ministro Finanças

O ministro das Finanças disse, na apresentação do Orçamento, que o Governo não hesitará em proteger o rendimento das famílias e o emprego e que recusa a austeridade como resposta à crise.

“Tal como temos vindo a fazer desde o início da crise pandémica, não hesitaremos na proteção do rendimento das famílias e no apoio às empresas para a manutenção do emprego. Não hesitaremos em lançar mão de medidas anticíclicas que ajudem a acelerar a recuperação da economia e consequentemente a recuperação do emprego e a melhoria dos rendimentos”, disse João Leão na apresentação da proposta orçamental para 2021, no Salão Nobre do Ministério das Finanças, em Lisboa.

LEIA AINDA

Cidade chinesa vai testar nove milhões de pessoas após detetar novos casos de covid-19

Segundo o governante, a proposta do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) entregue esta segunda-feira no parlamento “não tem austeridade e não vem acrescentar crise à crise”, que o que faz é apostar na “recuperação da economia e na proteção do rendimento dos portugueses” e do emprego, “preocupação central da política económica e orçamental”. Segundo Leão, o rigor orçamental não se pode confundir com austeridade: “Recusamos de forma clara o caminho da austeridade para responder à crise”, ao contrário do que aconteceu na anterior crise, afirmou.

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS