OE2020: Receita fiscal cresce 485,9 ME até abril com diminuição de reembolsos do IRS

A receita fiscal do subsetor Estado aumentou 485,9 milhões de euros até abril face ao período homólogo, para 13.147 milhões de euros, impulsionada pela diminuição dos reembolsos do IRS, indica a Síntese de Execução Orçamental divulgada hoje.

OE2020: Receita fiscal cresce 485,9 ME até abril com diminuição de reembolsos do IRS

OE2020: Receita fiscal cresce 485,9 ME até abril com diminuição de reembolsos do IRS

A receita fiscal do subsetor Estado aumentou 485,9 milhões de euros até abril face ao período homólogo, para 13.147 milhões de euros, impulsionada pela diminuição dos reembolsos do IRS, indica a Síntese de Execução Orçamental divulgada hoje.

“Nos primeiros quatro meses de 2020, a receita fiscal líquida acumulada do subsetor Estado registou um crescimento de 485,9 milhões de euros (+3,8%) face ao período homólogo, maioritariamente explicado pela evolução da receita dos impostos diretos (+15,6%), fundamentalmente IRS”, refere a Direção-Geral do Orçamento (DGO).

Tendo em conta apenas a evolução registada no mês de abril, a DGO indica que a receita fiscal cobrada foi afetada pelo impacto da pandemia de covid-19, acrescentando que o crescimento homólogo de 125,6% da receita líquida nos impostos diretos registado nesse mês está influenciado “pelas já descritas evoluções no IRS (mais 565,9 milhões de euros)”.

No IRC, a receita de abril caiu 15,3 milhões de euros face ao mesmo mês de 2019.

LT // PNG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS