Ocupação em maio “indicia recuperação” do turismo no Algarve

O Algarve registou em maio uma ocupação hoteleira de 64,8%, um aumento substancial comparado com os 17,2% do mesmo período de 2021, o que “indicia uma recuperação” do turismo, anunciou a maior associação hoteleira da região.

Ocupação em maio

Ocupação em maio “indicia recuperação” do turismo no Algarve

O Algarve registou em maio uma ocupação hoteleira de 64,8%, um aumento substancial comparado com os 17,2% do mesmo período de 2021, o que “indicia uma recuperação” do turismo, anunciou a maior associação hoteleira da região.

“As taxas de ocupação no Algarve, em relação ao mês de maio, ainda ficaram abaixo de 2019 [ano em que se registou 70% de ocupação], mas continuam a indicar uma recuperação da atividade turística no período pós-pandemia”, referiu a Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

De acordo com os dados provisórios revelados pela associação relativos ao resumo da evolução mensal da atividade do setor, a ocupação verificada em maio na região algarvia “está acima da média dos últimos 24 anos”.

A acompanhar a ocupação hoteleira, a AHETA destaca “como notas positivas o aumento do RevPar (receita por quarto disponível) que aumenta 9,7%, e o preço médio”.

Contudo, alega, “o brutal aumento de preços de todos os produtos e serviços utilizados pelas unidades de alojamento absorvem completamente esses aumentos”.

Por distribuição geográfica, as zonas que tiveram “melhor desempenho” turístico foram as de Vila Real de Santo António e Castro Marim, Portimão e Monchique e, por último, Lagos e Sagres (concelho de Vila do Bispo).

Os “piores desempenhos” foram registados em Tavira, Loulé e Albufeira, avançou a associação.

A AHETA refere que tem “a expetativa que o mês de junho possa contribuir para um regresso à normalidade” na ocupação das unidades hoteleiras no Algarve, devido “à forte subida esperada de portugueses, fruto de início de férias escolares e da conjugação de feriados”.

JPC // MAD

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS