Novo crédito à habitação bate máximo desde dezembro de 2007 e soma 1.691 ME em março

O novo crédito à habitação somou 1.691 milhões de euros em março, um máximo mensal desde dezembro de 2007, tendo a taxa de juro média dos novos empréstimos subido para 1,03%.

Novo crédito à habitação bate máximo desde dezembro de 2007 e soma 1.691 ME em março

Novo crédito à habitação bate máximo desde dezembro de 2007 e soma 1.691 ME em março

O novo crédito à habitação somou 1.691 milhões de euros em março, um máximo mensal desde dezembro de 2007, tendo a taxa de juro média dos novos empréstimos subido para 1,03%.

Redação, 05 mai 2022 (Lusa) — O novo crédito à habitação somou 1.691 milhões de euros em março, um máximo mensal desde dezembro de 2007, tendo a taxa de juro média dos novos empréstimos subido para 1,03%, ultrapassando 1% pela primeira vez em 20 meses.

Segundo dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal (BdP), também o montante dos novos empréstimos às empresas disparou — 70% – em março face a fevereiro, totalizando 2.276 milhões de euros, o que representa um aumento de 933 milhões.

Em março, os bancos concederam 2.451 milhões de euros de novos empréstimos aos particulares, com o montante concedido a aumentar “em todas as finalidades” face a fevereiro.

PD // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS