Nothing Phone (1), o smartphone de design futurista que quer mudar uma “indústria estagnada”

Nothing Phone (1) chega a Portugal a 21 de julho com um design futurista que promete uma experiência inovadora para os consumidores.

Nothing Phone (1), o smartphone de design futurista que quer mudar uma “indústria estagnada”

Nothing Phone (1) chega a Portugal a 21 de julho com um design futurista que promete uma experiência inovadora para os consumidores.

Há muito que se aguardava pela chegada do primeiro smartphone da Nothing. Algo que tem vindo a deixar os consumidores com bastante curiosidade. Até porque o Nothing Phone (1) é um modelo de gama média/alta com um conjunto de especificações que podem ser consideradas únicas para o segmento. Além disso, é impossível não reparar no design futurista e arrojado.

Já pode gerir a medicação através do iPhone
iOS 16 passa a contar com uma aplicação que permite gerir de forma eficaz a medicação que toma, corrigindo assim uma das lacunas do smartphones da Apple (… continue a ler aqui)

“Desenvolvemos o phone (1) como um produto que temos orgulho de partilhar com amigos e familiares. Esse princípio simples ajudou-nos a sair do caminho comum, sintonizar os nossos instintos e criar uma experiência que espero que marque o início da mudança numa indústria estagnada”, salienta Carl Pei, CEO e cofundador da Nothing.

Design inovador

Um dos grandes destaques do Nothing Phone (1) é aquilo a que a marca chama de Glyph Interface. Que é um conjunto de luzes LED posicionadas na traseira do gadget. E que têm como função minimizar o tempo de acra ligado. Algo que poderá levar algum tempo até que os utilizadores se habituem. A Glyph possibilita a criação de padrões de luz únicos feitos a partir de 900 LEDs. Que, entre outras coisas, podem revelar quem está a telefonar através de padrões de luminosidade. Bem como o estado de carregamento ou o tipo de notificação recebida.

Tudo isto só é possível graças ao design inovador que em nada se compara com o que a concorrência tem para oferecer. O Nothing Phone (1) tem uma parte traseira completamente transparente, que conta com mais de 400 componentes. Já a moldura é feita em alumínio 100% reciclado. Por sua vez, 50% dos componentes em plástico são feitos com base em materiais reciclados. Os vidros frontais e traseiros contam com proteção Gorilla Glass 6 e motores de vibração com resposta ao toque mais realista.

Câmaras

A primeira aposta da Nothing chega ao mercado com duas câmaras traseiras de 50 MP. A câmara principal conta com um sensor Sony IMX766, com abertura de f/1.8 e estabilização de imagem. Bem como suporta para vídeo em 10-bit, Modo Noite e Deteção de Cena. Já a outra é uma ultra grande angular Samsung JN1. A câmara frontal é de 16 MP. Graças à iluminação traseira será possível contar com uma extraordinária iluminação para fotos e vídeos em ambientes com menos luz.

Integração com Tesla e não só

“Sem bloatware, apenas velocidade pura e uma experiência de utilizador suave. Hardware e software falam uma única linguagem visual, com widgets, fontes, sons e papéis de parede personalizados, todos desenhados internamente”, promete a marca que avança com o Nothing OS. As funcionalidades têm por base o Android 13, contam com integração com dispositivos de terceiros, como é o caso dos Tesla, estando ainda prometidas mais integrações para um futuro próximo.

Especificações

Falta ainda falar do ecrã OLED de 6,55 polegadas com HDR10+ e taxa de atualização de 120 Hz. Já o processador é um Snapdragon 778G+ da Qualcomm. Que foi desenvolvido a pensar neste smartphone graças a uma parceria entre as duas empresas. Conta com suporte 5G e possibilita carregamento sem fios e carregamento reverso. A bateria é de 4500 mAh com carregamento rápido a 33W, carregando 50% em apenas 30 minutos.

Preço e data de lançamento

O Nothing Phone (1) chega ao mercado a 21 de Julho em mais de 40 países, como é o caso de Portugal. O smartphone estará disponível em preto e branco, com estas três versões:

8 GB + 128 GB – 499 € (preto)
8 GB + 256 GB – 529 € (preto e branco)
12 GB + 256 GB – 579 € (preto e branco)

Texto: Bruno Seruca; Fotos: DR

Impala Instagram


RELACIONADOS