Moçambique e Esuatini com ligação ferroviária direta para transporte de mercadorias

Moçambique e o Reino de Esuatini (antiga Suazilândia) assinaram um acordo para a “circulação direta” de comboios, um instrumento que vai reforçar a circulação de mercadorias, com destaque para o carvão, através da fronteira de Goba, anunciou fonte oficial.

Moçambique e Esuatini com ligação ferroviária direta para transporte de mercadorias

Moçambique e Esuatini com ligação ferroviária direta para transporte de mercadorias

Moçambique e o Reino de Esuatini (antiga Suazilândia) assinaram um acordo para a “circulação direta” de comboios, um instrumento que vai reforçar a circulação de mercadorias, com destaque para o carvão, através da fronteira de Goba, anunciou fonte oficial.

“Como impacto imediato do acordo assinado, a linha férrea de Goba vai duplicar o número diário de comboios de carvão, passando dos atuais dois para quatro, disse Mateus Magala, ministro dos Transportes e Comunicações de Moçambique, citado hoje pelo diário Notícias.

Com o novo acordo, a circulação dos comboios de um país para o outro vai ser feita sem que haja uma paragem obrigatória na fronteira de Goba, que liga Moçambique e Esuatini.

O acordo foi assinado entre as empresas ferroviárias Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique e a Esuatini Railways.

Segundo o governante, o volume de carvão transportado vai aumentar de 3.600 toneladas para 7.200 toneladas por dia, num entendimento que representa a “concretização da zona africana de livre comércio”.

De acordo com dados avançados pelo ministro moçambicano, foram transportadas no ano passado, através da linha férrea de Goba, um total de 190 mil toneladas de carga proveniente de Esuatini, esperando-se, para este ano, o manuseamento de cerca de 788 mil toneladas.

LYN // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS