Ministro das Infraestruturas e da Habitação inicia 6.ª feira visitas aos portos nacionais

O ministro das Infraestruturas e da Habitação disse à Lusa que começa na sexta-feira um ciclo de visitas aos portos comerciais portugueses, com início no porto de Sines e término nos portos de Setúbal e Lisboa, dia 27.

Ministro das Infraestruturas e da Habitação inicia 6.ª feira visitas aos portos nacionais

Ministro das Infraestruturas e da Habitação inicia 6.ª feira visitas aos portos nacionais

O ministro das Infraestruturas e da Habitação disse à Lusa que começa na sexta-feira um ciclo de visitas aos portos comerciais portugueses, com início no porto de Sines e término nos portos de Setúbal e Lisboa, dia 27.

Pedro Nuno Santos será acompanhado nas visitas pelo secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Alberto Souto de Miranda.

O ministro, que tem os portos sob sua tutela no atual Governo, disse à Lusa que o objetivo do ciclo de visitas passa por reunir com as várias administrações portuárias para conhecer os projetos que estão em curso, assim como inteirar-se da gestão e características daquelas infraestruturas “tão centrais no desenvolvimento da economia local, regional e nacional”.

No Porto de Sines, o ministro e o secretário de Estado reunirão com o Conselho de Administração, seguindo-se uma visita ao Centro de Sistemas e Helpdesk, ao Centro de Controlo de Tráfego e terminais portuários.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação recordou, sobre o porto de Sines, que se trata da maior infraestrutura nacional, com um peso atualmente de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, valor que quase duplicará com os investimentos que estão previstos para aquele porto.

Segundo o governante, é para Sines que estão previstos alguns dos maiores investimentos no setor para os próximos anos, nomeadamente o novo terminal Vasco da Gama, cujo concurso público internacional foi lançado em 15 de outubro de 2019 e que representa um investimento de 650 milhões de euros.

Pedro Nuno Santos salientou que os portos nacionais são “um motor essencial do desenvolvimento do país”.

“O mar é e sempre foi um dos nossos maiores ativos enquanto país. Uma marca central da nossa identidade enquanto povo. Os portos são, por isso, um dos principais elos de ligação de comunidades e de ligação entre Portugal e os seus países parceiros”, acrescentou.

Na quarta-feira, 20 de novembro, Pedro Nuno Santos tem visitas previstas aos portos de Leixões, Viana do Castelo e Aveiro.

Conforme indicou à Lusa o governante, o ciclo de visitas termina no dia 27 de novembro nos portos de Setúbal e de Lisboa.

ECR // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS