Quase metade dos portugueses gasta o subsídio nas férias de verão

Segundo um estudo, 46% dos portugueses pretendem gastar o subsídio de férias para financiar o período de descanso e lazer nesta época do ano.

Quase metade dos portugueses gasta o subsídio nas férias de verão

Quase metade dos portugueses gasta o subsídio nas férias de verão

Segundo um estudo, 46% dos portugueses pretendem gastar o subsídio de férias para financiar o período de descanso e lazer nesta época do ano.

Segundo um estudo do Observador Cetelem, realizado em maio, 46% dos portugueses pretendem gastar o subsídio de férias para financiar o período de descanso e lazer nesta época do ano e só 10% dos entrevistados referem não utilizar o crédito para este fim. No estudo, que teve por base uma amostra representativa de 600 indivíduos residentes em Portugal Continental, de ambos os sexos e com idades compreendidas entre os 18 e os 74 anos de idade, 14% dos inquiridos responderam ainda que não auferem qualquer subsídio, uma ligeira descida quando comparado com os dados do ano passado (18%).

LEIA DEPOIS
Há 70 novos espaços onde pode renovar o Cartão de Cidadão

Portugueses residentes no Norte são os que gastam mais

Na verdade, o subsídio de férias parece estar novamente a desempenhar a função de financiar o período de descanso e lazer. Em 2018, eram 32% dos portugueses que pretendiam utilizar a totalidade do crédito para pagar as respetivas férias. Mais 14 pontos percentuais do que em 2017, quando apenas 18% dos inquiridos assumiram ter planos para despender a totalidade do valor. Em 2016, não mais que 15% planearam fazê-lo. E é na região Norte (18%) que os portugueses, entre os 25 e os 34 anos (26%) tencionam abrir os cordões à bolsa nas férias grandes.

Cartão de crédito pronto a usar

Para fazer face aos gastos normais desta altura, 38% dos que vão de férias nesta época do ano tenciona utilizar o cartão de crédito, mesmo desconhecendo o montante que irão gastar. No entanto, aqueles que referem que não irão utilizar o cartão de crédito para pagar essas despesas representam uma grande parte dos inquiridos que vão estar de férias no verão (43%). Entre os que referem ter de utilizar cartão de crédito, 33% irão utilizar entre € 250,00 e € 999,00.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para Sábado, 10 de agosto
Amadora-Sintra: escalas ilegais na urgência de obstetrícia

Impala Instagram


RELACIONADOS