Medway investe 1ME em parque logístico e de contentores em Sines

A Medway, empresa de transportes e logística, vai investir cerca de um milhão de euros num parque logístico e de contentores em Sines (Setúbal), que permitirá “alargar a prestação de serviços” nos complexos portuário e industrial.

Medway investe 1ME em parque logístico e de contentores em Sines

Medway investe 1ME em parque logístico e de contentores em Sines

A Medway, empresa de transportes e logística, vai investir cerca de um milhão de euros num parque logístico e de contentores em Sines (Setúbal), que permitirá “alargar a prestação de serviços” nos complexos portuário e industrial.

O contrato para a instalação do parque, segundo foi hoje divulgado, já foi assinado entre a Medway, antiga CP carga, e a aicep Global Parques, gestora da Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS).

Com uma área superior a 30 mil metros quadrados, por um período de 20 anos e com um investimento de cerca de um milhão de euros, a Medway “fica provida de uma maior capacidade para prestação dos serviços logísticos, necessária para a captação de novos negócios e clientes”, indicou, em comunicado, a aicep Global Parques.

O presidente do conselho de administração da Medway, Carlos Vasconcelos, explicou hoje à agência Lusa que o investimento “vai corresponder à procura de serviços logísticos” relacionados “com a manipulação e preparação de cargas muito viradas para os contentores”, que são movimentados através do porto de Sines.

“Estamos a falar de preparação de cargas, sobretudo, para a exportação, incluindo a recolha de mercadorias, e, no caso da importação, a sua distribuição com o objetivo de reforçar a presença da Medway em Sines”, sublinhou.

Fonte da empresa, do grupo MSC — Mediterranean Shipping Company, adiantou à Lusa que a obra de construção do parque logístico e de contentores na ZILS poderá arrancar “em breve”, estando prevista a criação de “10 a 15 postos de trabalho”.

“Vamos dar entrada do projeto na Câmara Municipal de Sines para arrancar com os trabalhos de construção dentro de dois meses. Por se tratar de uma obra simples, esperamos estar a funcionar antes do final do ano para reforçar a nossa operação em Sines”, adiantou a mesma fonte.

“Identificámos que na zona não havia este tipo de oferta nas indústrias que estão localizadas no complexo industrial de Sines, como a Galp e outras, que têm necessidade de alguns serviços logísticos que nos propomos prestar”, justificou Carlos Vasconcelos.

O parque logístico e de contentores “vai ficar localizado mesmo ao lado de uma linha de comboio para que, no futuro, eventualmente, possamos fazer a linha entrar de maneira a levar os contentores para o porto de Sines, através de comboio em alternativa aos camiões”, adiantou a fonte da Medway.

Além da consolidação e desconsolidação de contentores, o futuro parque vai garantir “uma série de serviços associados, como a lavagem e reparação de contentores”, acrescentou.

Já o presidente da comissão executiva da aicep Global Parques, Filipe Costa, considerou que o “novo investimento da Medway acompanha e dinamiza o aumento de produção das unidades petroquímicas instaladas na ZILS, essenciais para alimentar a indústria transformadora em Portugal”.

HYN // MLM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS