Medo de recessão põe Wall Street a evoluir com perdas superiores a 2%

A bolsa nova-iorquina está hoje a evoluir com fortes perdas, quando se aproxima o fecho da sessão, com os investidores a cederem aos receios da aproximação de uma recessão.

Medo de recessão põe Wall Street a evoluir com perdas superiores a 2%

Medo de recessão põe Wall Street a evoluir com perdas superiores a 2%

A bolsa nova-iorquina está hoje a evoluir com fortes perdas, quando se aproxima o fecho da sessão, com os investidores a cederem aos receios da aproximação de uma recessão.

Os principais índices apresentavam desvalorizações superiores a 2%, às 15:00 locais (20:00 de Lisboa).

O seletivo Dow Jones perdia 2,7%, o alargado S&P500 recuava 2,7% e o tecnológico Nasdaq caía 2,8%. Um quarto índice, o Russell 2000, relativo às empresas mais pequenas, também apresentava perdas, de 2,9%.

Várias notícias negativas para os investidores, como a contração do produto interno bruto alemão e a produção industrial chinesa abaixo do esperado, mas em particular a inversão das curvas de rendimentos em Wall Street, pela primeira vez desde 2007, despertaram os alarmes nos investidores, que começaram a desinvestir.

A inversão das curvas de rendimento é uma expressão que designa o pagamento de juros superiores pelas obrigações de curto prazo em relação às de prazo mais longo, o que é visto como um prenúncio de recessão.

Hoje, em Wall Street, o juro pago pela obrigação da dívida pública dos EUA a 10 anos caiu, durante algum tempo, para um nível inferior ao do pago pelo título a dois anos.

RN // SR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS