MAI prevê poupar três ME com novo modelo de gestão do fardamento dos polícias

MAI prevê poupar três ME com novo modelo de gestão do fardamento dos polícias

MAI prevê poupar cerca de três milhões de euros com o novo modelo de gestão do fardamento dos elementos da PSP e da GNR, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2019.

Lisboa, 16 out (Lusa) — O Ministério da Administração Interna (MAI) prevê poupar cerca de três milhões de euros com o novo modelo de gestão do fardamento dos elementos da PSP e da GNR, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2019.

O documento, entregue na segunda-feira à noite na Assembleia da República, avança que a libertação de efetivos para serviço operacional e a eliminação dos custos com os ‘stocks’ de fardamento poderá traduzir-se numa poupança potencial de três milhões de euros.

De acordo com a proposta do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), o novo modelo de gestão do fardamento dos militares da GNR e elementos da PSP tem por base uma plataforma eletrónica de compras online “de modo a reduzir as imobilizações financeiras inerentes aos ‘stocks’ e a permitir a libertação de espaços, atualmente afetos à confeção, armazenamento e venda de fardamento, bem como a reafectação de pessoal para o serviço operacional”.

A segurança interna terá uma despesa total consolidada de 2.101,3 milhões de euros em 2019, mais 6,1% face ao estimado para 2018, incluindo a transferência dos encargos com os meios aéreos de combate aos fogos para a Força Aérea.

CMP // JMR

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

MAI prevê poupar três ME com novo modelo de gestão do fardamento dos polícias

MAI prevê poupar cerca de três milhões de euros com o novo modelo de gestão do fardamento dos elementos da PSP e da GNR, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2019.