Macau regista menos 90% de visitantes em junho e queda de 83,9% no 1.º semestre

O número de visitantes em Macau caiu mais de 90% em junho e 83,9% no primeiro semestre, em relação a iguais períodos de 2019, anunciaram hoje as autoridades.

Macau regista menos 90% de visitantes em junho e queda de 83,9% no 1.º semestre

Macau regista menos 90% de visitantes em junho e queda de 83,9% no 1.º semestre

O número de visitantes em Macau caiu mais de 90% em junho e 83,9% no primeiro semestre, em relação a iguais períodos de 2019, anunciaram hoje as autoridades.

Se em junho de 2019 a capital mundial dos casinos tinha recebido mais de três milhões de visitantes, agora, passado um ano, recebeu apenas 22.556 visitantes, indicaram os Serviços de Estatística e Censos de Macau (DSEC).

Também em relação ao primeiro semestre a disparidade foi significativa: nos primeiros seis meses do ano visitaram o território 3.268.900 pessoas, quando no mesmo período de 2019 Macau tinha sido visitado por mais de 16,5 milhões.

Nos primeiros seis meses do ano, entraram em Macau 2.339.589 visitantes oriundos da China continental, de Hong Kong (652.522) e de Taiwan (81.628), uma diminuição de mais de 80%, face ao mesmo semestre do ano anterior.

O período médio de permanência dos visitantes situou-se em 2,7 dias, um aumento de 0,5 em relação o período homólogo de 2018, indicou a DSEC.

No ano passado, quase 40 milhões de visitantes entraram em Macau, que este ano determinou fortes restrições nas fronteiras para conter a covid-19.

Macau foi dos primeiros territórios a identificar casos de covid-19, antes do final de janeiro.

O último, o 46.º, detetado a 25 de junho, quando já não havia registo de novos casos desde 09 de abril, já recebeu alta hospitalar.

Macau não registou nenhuma morte relacionada com a doença e não identificou qualquer infetado entre os profissionais de saúde.

MIM // JMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS