Macau importa mais 7,4% dos países lusófonos até novembro

Macau importou dos países lusófonos, de janeiro até novembro, 776 milhões de patacas (cerca de 86 milhões de euros) em mercadorias, ou mais 7,4% em comparação com igual período de 2018, foi hoje anunciado. .

Macau importa mais 7,4% dos países lusófonos até novembro

Macau importa mais 7,4% dos países lusófonos até novembro

Macau importou dos países lusófonos, de janeiro até novembro, 776 milhões de patacas (cerca de 86 milhões de euros) em mercadorias, ou mais 7,4% em comparação com igual período de 2018, foi hoje anunciado. .

Em comunicado, a Direção de Serviços de Estatísticas e Censos (DSEC) referiu que o território exportou para o bloco lusófono, nos 11 primeiros meses do ano, bens no valor de um milhão de patacas (111 mil euros), uma queda de 94,8% em termos anuais homólogos.

No período entre janeiro e novembro passado, as importações de mercadorias, em termos globais, alcançaram 81,31 mil milhões de patacas (nove mil milhões de euros), uma descida de 1% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já as exportações do território cifraram-se em 11,69 mil milhões de patacas (1,3 mil milhões de euros), uma subida de 4,9%, em termos anuais homólogos, de acordo com a DSEC.

O défice da balança comercial nos 11 primeiros meses deste ano cifrou-se em 69,62 mil milhões de patacas (7,7 mil milhões de euros), menos 1,80 mil milhões de patacas (200 milhões de euros), relativamente a igual período de 2018, notou a DSEC.

Por países ou territórios, as exportações para o interior da China cifraram-se em 1,44 mil milhões de patacas (160 milhões de euros) menos 22,1%, em relação aos 11 primeiros meses de 2018.

Em contrapartida, os valores exportados de mercadorias para Hong Kong (7,49 mil milhões de patacas ou 833 milhões de euros) e para os Estados Unidos (249 milhões de patacas ou 27,7 milhões de euros) cresceram 7,7% e 108%, respetivamente, indicaram as autoridades.

Do lado das importações, registou-se uma descida de 3,2% dos bens importados do interior da China, no valor total de 27,97 mil milhões de patacas (3,112 mil milhões de euros), em termos anuais homólogos.

Em sentido inverso, o valor importado de mercadorias da União Europeia (22,31 mil milhões de patacas, ou 2,5 mil milhões de euros) subiu 9,2%, nos 11 primeiros meses do ano.

O valor total do comércio externo de mercadorias entre janeiro e novembro de 2019 correspondeu a 93 mil milhões de patacas (10,35 mil milhões de euros), uma queda de 0,3% em relação ao mesmo período de 2018.

EJ // FST

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS