Lucros do BPI mais que quadruplicam para 185 ME no 1.º semestre

O BPI teve lucros consolidados de 185 milhões de euros no primeiro semestre, quatro vezes mais do que no mesmo período de 2020, divulgou hoje o banco.

Lucros do BPI mais que quadruplicam para 185 ME no 1.º semestre

Lucros do BPI mais que quadruplicam para 185 ME no 1.º semestre

O BPI teve lucros consolidados de 185 milhões de euros no primeiro semestre, quatro vezes mais do que no mesmo período de 2020, divulgou hoje o banco.

Na apresentação dos resultados, o presidente executivo, João Pedro Oliveira e Costa, disse que a contribuir para os lucros esteve o aumento do produto bancário, mas também a redução de imparidades anteriormente registadas para fazer face a perdas devido à crise.

Segundo as contas, no fim de junho, o BPI tinha um saldo em balanço de 75 milhões de euros de imparidades não alocadas que tinham sido constituídas em 2020.

Destaque ainda para a contribuição do Banco de Fomento de Angola (BFA, de que o BPI é acionista) para os lucros do primeiro semestre.

O BFA aprovou o dividendo ordinário de 2020 e uma distribuição de reservas livres, o que teve impacto no resultado do BPI de 92 milhões de euros.

Já o contributo da participação no moçambicano BCI foi de nove milhões de euros no semestre.

No total, a contribuição da atividade internacional foi de 101 milhões de euros no primeiro semestre, mais 181% face ao mesmo período de 2020.

O banco BPI é detido pelo grupo espanhol Caixabank.

IM // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS