Juro implícito do crédito à habitação desce para 0,791% de fevereiro para março – INE

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação voltou a descer para 0,791% em março, face a 0,793% em fevereiro, e o capital médio em dívida aumentou 318 euros para 59.067 euros, divulgou hoje o INE.

Juro implícito do crédito à habitação desce para 0,791% de fevereiro para março - INE

Juro implícito do crédito à habitação desce para 0,791% de fevereiro para março – INE

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação voltou a descer para 0,791% em março, face a 0,793% em fevereiro, e o capital médio em dívida aumentou 318 euros para 59.067 euros, divulgou hoje o INE.

Já a prestação média do crédito à habitação manteve-se em março em 255 euros, sendo 216 euros (85%) para amortização de capital e 39 euros (15%) para pagamento de juros.

Quanto aos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro desceu para 0,730% em março (0,739% em fevereiro) e o valor médio da prestação desceu três euros para 326 euros.

Também nos contratos celebrados nos últimos três meses, o montante médio do capital em dívida foi 123.343 euros, mais 1.619 euros que em fevereiro.

IM // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS