Inflação na China desacelera pelo 4º mês consecutivo em fevereiro

Inflação na China desacelera pelo 4º mês consecutivo em fevereiro

A inflação na China desacelerou pelo quarto mês consecutivo em fevereiro ao subir 1,5% em termos homólogos, face aos 1,7% registados em janeiro, de acordo com os dados oficiais divulgados hoje.

De acordo com o instituto nacional de estatística chinês, o índice de preços no consumidor (IPC) registou o seu ponto mais baixo desde janeiro de 2018, embora esteja ainda longe de uma possível deflação.

Em fevereiro, os preços dos alimentos subiram 0,7% em termos homólogos, o que representa uma descida de 1,2 pontos percentuais face a janeiro e que esteve ligada à queda de 4,8% da carne de porco, que em janeiro já tinha sofrido uma descida de 3,2%.

Em relação aos produtos não alimentares, os preços cresceram 1,7 % em fevereiro, o mesmo aumento do que o registado no mês anterior.

O aumento dos preços no setor da saúde, educação, entretenimento e arrendamento habitacional também contribuiu em 1,34 pontos percentuais para a taxa de inflação geral.

O índice de preços na produção, por sua vez, subiu 0,1% em termos homólogos no mesmo mês, mantendo-se inalterado face a janeiro, depois de ter desacelerado sete meses consecutivos.

ICO // JPS

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Inflação na China desacelera pelo 4º mês consecutivo em fevereiro

A inflação na China desacelerou pelo quarto mês consecutivo em fevereiro ao subir 1,5% em termos homólogos, face aos 1,7% registados em janeiro, de acordo com os dados oficiais divulgados hoje.