Governo angolano assina acordo com NFE International para monetização de gás

O Governo angolano assinou um memorando de entendimento sobre monetização de gás e potencial de gás para energia com a NFE International, através do Fundo de Financiamento Norte-americano (AFF), indica hoje uma nota oficial enviada à agência Lusa.

Governo angolano assina acordo com NFE International para monetização de gás

Governo angolano assina acordo com NFE International para monetização de gás

O Governo angolano assinou um memorando de entendimento sobre monetização de gás e potencial de gás para energia com a NFE International, através do Fundo de Financiamento Norte-americano (AFF), indica hoje uma nota oficial enviada à agência Lusa.

Segundo o comunicado da organização da conferência Angola Oil & Gas 2019, que terminou na quinta-feira em Luanda, o acordo envolve os ministérios angolanos da Energia e Recursos Hídricos, dos Recursos Minerais e Petróleos e das Finanças.

Nesse sentido, a NFE International vai envolver-se em três projetos, entre eles o fornecimento de gás natural para as unidades hidroelétricas de Angola e criar uma economia de gás natural para Angola, investindo em infraestruturas capazes de perfurar e criar uma instalação de liquefação de gás natural.

O terceiro prevê o fornecimento de gás ao complexo siderúrgico da Casing, localizado na província do Namibe.

Os projetos, lê-se na nota, implicam menores custos de combustível e o estabelecimento de uma instalação de liquefação de classe mundial no país, permitindo ainda a implementação de uma fábrica de produção e processamento de minério de ferro.

O acordo enquadra-se na estratégia do Governo angolano para aumentar a percentagem do gás na matriz energética do país.

Por outro lado, representa também o primeiro passo do executivo em direção a este objetivo, continuando o Ministério de Recursos Minerais e Petróleos a analisar outras iniciativas que contribuam para a melhoria da produtividade e sustentabilidade da atual matriz energética.

A NFE é uma empresa integrada de gás para energia que emprega um modelo integrado de produção e entrega de gás natural liquefeito (GNL).

JSD // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS