Galp corta despesas operacionais e de investimento em 2020 e 2021 em 500ME por ano

A Galp Energia anunciou hoje que vai reduzir as despesas operacionais e de investimento em mais de 500 milhões de euros por ano em 2020 e 2021 para responder à quebra da procura.

Galp corta despesas operacionais e de investimento em 2020 e 2021 em 500ME por ano

Galp corta despesas operacionais e de investimento em 2020 e 2021 em 500ME por ano

A Galp Energia anunciou hoje que vai reduzir as despesas operacionais e de investimento em mais de 500 milhões de euros por ano em 2020 e 2021 para responder à quebra da procura.

“Considerando a queda acentuada da procura e dos preços dos produtos petrolíferos, a Galp encontra-se a desenvolver ações com vista a reduzir significativamente as despesas nos próximos trimestres”, refere a empresa em comunicado hoje divulgado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A empresa liderada por Carlos Gomes da Silva refere ter já algumas iniciativas em curso, “sendo outras implementadas de acordo com a evolução do mercado”.

No ‘trading update’ divulgado hoje, a Galp Energia refere que a produção atingiu 118,1 mil barris de petróleo por dia no primeiro trimestre, o que corresponde a uma subida homóloga de 19% e uma queda de 3% face aos últimos três meses de 2019.

A margem de refinação caiu 19% em termos homólogos e 43% face ao trimestre anterior para 1,9 dólares por barril.

As vendas de produtos petrolíferos caíram 13% em termos homólogos e 10% face aos últimos três meses de 2019, com a Galp a sinalizar que a diminuição das vendas de produtos petrolíferos e gás natural reflete as condições do mercado verificadas a partir de março.

A apresentação dos resultados trimestrais da Galp decorrerá no dia 27 de abril antes da abertura dos mercados.

As ações da Galp Energia seguiam às 09:50 a cair 3,24% para 9,70 euros.

ICO // CSJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS