Famílias com menores consumos de luz pagam menos na GoldEnergy e com maiores na Galp

Famílias com menores consumos de luz pagam menos na GoldEnergy e com maiores na Galp

A GoldEnergy disponibilizou, entre julho e setembro, a oferta comercial mais barata para as famílias com menor consumo de energia, enquanto a Galp permitiu uma poupança superior para as famílias com maiores consumos, revelou hoje o regulador.

De acordo com o Boletim de Ofertas Comerciais do Mercado Retalhista de Eletricidade da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), referente ao terceiro trimestre deste ano, para um casal sem filhos com um consumo anual de 1.900 quilowatts-hora (kWh) e uma potência contratada de 3,45 quilovoltamperes-hora (kVA), a oferta comercial mono (só de eletricidade) com menor fatura anual é da GoldEnergy, com um valor de 325 euros por ano.

Relativamente à oferta mais cara, esta permite uma redução de 20%, correspondente a 82 euros por ano.

No caso das ofertas duais (eletricidade e gás natural), ainda para as famílias com menores consumos, a oferta com fatura anual mais baixa é também da GoldEnergy com um custo de 430 euros por ano, permitindo uma poupança de 89 euros em relação à oferta mais cara, o equivalente a uma redução de 17%.

A proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) prevê a aplicação de uma taxa reduzida do IVA, de 6%, à componente fixa do fornecimento de eletricidade e gás natural aos consumidores com potência contratada mais baixa, como famílias e serviços.

Esta medida, de acordo com o Ministério das Finanças, deverá abranger mais de três milhões de famílias no fornecimento de eletricidade e 1,4 milhões no gás.

No caso dos casais com quatro filhos, com um consumo anual de 10.900 kWh e uma potência contratada de 13,8 kVa, a oferta comercial mono com menor fatura anual é da Galp, apresentando um valor de 1.816 euros por ano.

A diferença desta oferta em relação à mais cara reflete uma poupança de 268 euros anuais, ouseja, menos 13%.

Já no caso da oferta comercial dual, a fatura mais baixa foi apresentada também pela Galp com um valor de 2.165 euros por ano.

Relativamente à oferta mais cara, a diferença é de menos 354 euros por ano, ou seja, uma descida de 14%.

PE (JNM/DF) // JNM

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Famílias com menores consumos de luz pagam menos na GoldEnergy e com maiores na Galp

A GoldEnergy disponibilizou, entre julho e setembro, a oferta comercial mais barata para as famílias com menor consumo de energia, enquanto a Galp permitiu uma poupança superior para as famílias com maiores consumos, revelou hoje o regulador.