ExpoDubai: Brasil aposta no “desenvolvimento sustentável” numa região “muito importante para a economia brasileira”

“Juntos pelo desenvolvimento sustentável” é o tema do pavilhão do Brasil na Expo 2020 Dubai, uma região “que é muito importante para a economia brasileira”, disse à Lusa o diretor, Raphael Nascimento.

ExpoDubai: Brasil aposta no

ExpoDubai: Brasil aposta no “desenvolvimento sustentável” numa região “muito importante para a economia brasileira”

“Juntos pelo desenvolvimento sustentável” é o tema do pavilhão do Brasil na Expo 2020 Dubai, uma região “que é muito importante para a economia brasileira”, disse à Lusa o diretor, Raphael Nascimento.

A Expo 2020 Dubai, que foi adiada um ano devido à pandemia de covid-19, arrancou em 01 de outubro e prolonga-se até final de março do próximo ano.

“O tema central do Pavilhão Brasil é ‘Juntos pelo desenvolvimento sustentável'”, explicou Raphael Nascimento, diretor do pavilhão brasileiro na exposição mundial que decorre no emirado do Dubai, Emirados Árabes Unidos, que marca a primeira vez que um evento deste género se realiza nesta região.

O Pavilhão do Brasil tem três subtemas – ‘juntos pela natureza’, ‘juntos pela natureza’ e ‘juntos pelo amanhã’.

“Esses são os três pilares do desenvolvimento sustentável, pilar ambiental, claro, mas também pelo social e pela economia. A mensagem central (…) é de que é necessária uma abordagem equilibrada desses três pilares, é preciso pensar na natureza e na preservação ambiental, obviamente, mas é também preciso pensar nas pessoas e nos seus meios de vida” argumentou Raphael Nascimento.

E o que representa para o Brasil estar representado nesta zona do globo? “Essa região é muito importante para a economia brasileira”, rematou o diretor do pavilhão.

Isto porque o Dubai “é um ‘hub’ internacional de comércio, de investimentos”, sublinhou.

“Nós temos tentado casar a nossa participação na Expo com uma promoção da imagem brasileira, mas também com a realização de negócios”, contou o responsável.

“Particularmente, neste momento pós-pandemia é muito importante para todos os países – acho que também há uma questão simbólica aí – que é todos os países estarem novamente reunidos, conectando as suas mentes para conseguir um futuro melhor”, sublinhou.

Raphael Nascimento destacou também o papel importante da presença dos países lusófonos na Expo 2020 Dubai.

“Eu costumo brincar com os meus colegas lusófonos que nós somos acionistas maioritários da língua portuguesa, mas isso é apenas uma brincadeira”, comentou, a sorrir.

Esta exposição “é uma oportunidade de conexão também entre os nossos países”, referiu, recordando a realização recente do Festival da Lusofonia, em que os países trouxeram os seus representantes, fizeram atuações, para promover a língua portuguesa.

Sobre o número de visitas ao Pavilhão do Brasil, Raphael Nascimento disse que ao fins de semana o pavilhão tem recebido cerca de 20 mil visitantes por dia.

“As nossas expectativas são bastante boas, considerando o momento e os esforços que o país anfitrião tem feito para atrair público para a Expo”, referiu.

“Temos a sorte também de ter um pavilhão aberto que permite o distanciamento social, também ventilação natural, muito confortável para os visitantes fazerem a sua visita, entrarem em contacto com o Brasil de forma segura e agradável”, destacou o responsável.

Os organizadores da Expo 2020 Dubai classificaram o primeiro mês do evento como um “grande sucesso”, anunciando 2.350.868 visitas de 01 a 31 de outubro.

De acordo com a organização, 17% do total de visitas vieram de fora do país, o que considera “notável” tendo em conta que a exposição mundial decorre enquanto muitos países ainda têm restrições de viagens devido à pandemia.

Segundo os dados, a Expo contou com 185 nacionalidades nos seus portões, com a Índia, Alemanha, França, Arábia Saudita e o Reino Unido no ‘top 5’ dos visitantes internacionais.

Esta é a primeira vez na história da Expo mundial que cada país tem o seu próprio pavilhão – 192 no total.

Por exemplo, o Pavilhão da Arábia Saudita, um dos maiores na Expo 2020 Dubai, já atraiu meio milhão de visitantes.

ALU // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS