Empresa que gere ‘multibanco’ cabo-verdiano com lucros de 2,2 MEuro em 2019

A empresa SISP, que gere a rede interbancária cabo-verdiana, registou lucros de 2,2 milhões de euros em 2019, um aumento de 14,5% face ao ano anterior, com um recorde de 35,8 milhões de operações processadas.

Empresa que gere 'multibanco' cabo-verdiano com lucros de 2,2 MEuro em 2019

Empresa que gere ‘multibanco’ cabo-verdiano com lucros de 2,2 MEuro em 2019

A empresa SISP, que gere a rede interbancária cabo-verdiana, registou lucros de 2,2 milhões de euros em 2019, um aumento de 14,5% face ao ano anterior, com um recorde de 35,8 milhões de operações processadas.

Segundo o relatório e contas da Sociedade Interbancária e Sistema de Pagamentos (SISP) de 2019, ano em que completou duas décadas de atividade, o volume de negócios da empresa, participada pelo Estado (10%) e banco central (40%) cabo-verdianos, além dos maiores bancos comerciais, cresceu 10%, para 957 milhões de escudos (8,6 milhões de euros).

Os resultados líquidos da SISP chegaram aos 248 milhões de escudos (2,2 milhões de euros), crescimento que a administração justifica com o aumento do rendimento dos serviços prestados, nomeadamente do Serviço de Pagamento Automático, entre outros.

A administração destaca que em 2019 foi atingido um novo recorde em número de operações processadas, de 35,8 milhões, um crescimento de 11%, com 96% desse total a corresponder aos movimentos da rede “vinti4”, de terminais de pagamentos POS e caixas automáticos ATM.

Em termos de valor movimentado, 2019 registou igualmente um novo recorde, ultrapassando os 104 mil milhões de escudos (940 milhões de euros).

Desse total movimentado, os terminais de pagamento de serviços e compras POS lideraram, atingindo 54.795 milhões de escudos (495 milhões de euros) em operações, um crescimento de 15,3% face a 2018, enquanto o valor movimentado nos caixas automáticos ATM subiu 7,4%, para 48.327 milhões de escudos (436,5 milhões de euros).

A empresa reconhece que o mês de dezembro (2019), à semelhança de anos anteriores, foi aquele que registou maior número de transações processadas na rede “vinti4”, atingindo os 2,79 milhões de movimentos, entre levantamentos de dinheiro, compras, pagamento de serviço e outros.

Acrescenta que o “pico” ocorreu em 24 de dezembro, quando a rede processou 149 mil transações num único dia, entre terminais POS e caixas ATM.

Esta rede funciona com os cartões emitidos pelos bancos comerciais que operam no país, sendo que só em 2019 foram produzidos 140.041, enquanto o número de cartões ativos na rede cresceu 12%, para 276.888.

Já o número de terminais POS no final de 2019 ascendia, em todo o país, a 8.080, mais 13,4%, enquanto que os caixas ATM cresceram 6,8%, para 204, elevando o total de caixas automáticos para 1 por cada 2.689 habitantes.

A SISP assume ainda no relatório que, a par da internacionalização da operação, tem como objetivo avançar com um serviço de depósito de valores nos caixas automáticos ATM.

“O serviço deverá trazer uma redução da carga de atendimento nas agências para operações de depósito, alargando a sua disponibilização para uma modalidade de 24h/7 dias por semana, trazendo maior conforto aos utilizadores, para além da redução significativa da necessidade de carregamento de notas nos ATM, nos casos de reciclagem de notas depositadas”, conclui a empresa.

PVJ // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS