Empresa de Warren Buffett entra no imobiliário português em parceria com a Portugal Property

A Berkshire Hathaway HomeServices (BHHS), cujo principal acionista é o bilionário Warren Buffett, anunciou hoje que entrou no mercado imobiliário português, em parceria com a corretora imobiliária Portugal Property, não excluindo a sua expansão através de fusões e aquisições.

Empresa de Warren Buffett entra no imobiliário português em parceria com a Portugal Property

Empresa de Warren Buffett entra no imobiliário português em parceria com a Portugal Property

A Berkshire Hathaway HomeServices (BHHS), cujo principal acionista é o bilionário Warren Buffett, anunciou hoje que entrou no mercado imobiliário português, em parceria com a corretora imobiliária Portugal Property, não excluindo a sua expansão através de fusões e aquisições.

A BHHS, uma das redes de franchising imobiliário com crescimento mais rápido no mundo, «expande-se para Portugal através de um acordo de parceria com a Portugal Property», disse Michael Vincent, presidente executivo e fundador, em 2008, da Portugal Property, numa conferência de imprensa em Lisboa. Segundo o responsável, a agência vai operar a partir de hoje como Berkshire Hathaway HomeServices Portugal Property. O managing director da Berkshire Hathaway HomeServices, Claudio Prattico, explica que a entrada da BHHS, em parceria com a Portugal Property, tem sobretudo como foco o segmento imobiliário de luxo, mas está também direcionada para «o segmento da classe media alta».

LEIA DEPOIS
Previsão do tempo para este sábado, 5 de outubro

Warren Buffett tem como estratégia «operações de aquisição ou de fusão» de imobiliárias já existentes

O gestor refere que a empresa está «constantemente a procurar fazer um esforço de crescimento através de fusões e aquisições», uma estratégia que não descartou no caso do mercado português. «Olhamos para as empresas certas para fazermos operações de aquisição ou de fusão com as mesmas», salienta o responsável, adiantando que trazem para Portugal «o poder da empresa e da marca», o que afirma ser «apenas o começo». Claudio Prattico realça que procuram companhias para «comprar, realizar fusões e ter parceiros estratégicos», lembrando que também crescem organicamente, mas que gostam de «adquirir boas empresas, que acrescentam valor».

LEIA TAMBÉM
Obras no Monumental já começaram. Edifício reabre em 2020

Portugal «essencial» para a estratégia de expansão global

Portugal é um país «essencial na nossa estratégia de expansão global», diz, por sua vez, o presidente do Conselho de Administração da Berkshire Hathaway HomeServices, Gino Blefari, citado em comunicado. Segundo o mesmo responsável, «a Economia portuguesa tem vindo a responder assertivamente ao cenário global desfavorável e o mercado imobiliário do país não para de crescer». «Estamos muito contentes por entrarmos em Portugal de mãos dadas com a Portugal Property, que tem planos ambiciosos para disponibilizar a sua oferta a clientes locais e globais», acrescenta. A Portugal Property tem atualmente sete escritórios em Portugal, designadamente em Lisboa, Porto e Algarve, conta com 43 agentes e, no ano passado, faturou quase 90,5 milhões de euros. Cerca de 80% dos clientes em Portugal são estrangeiros e os restantes 20% são residentes nacionais.

LEIA MAIS
Polícia detém quatro suspeitos de matarem Marielle Franco

Impala Instagram


RELACIONADOS