É mais caro arrendar casa em Lisboa do que em Madrid

No último trimestre de 2020, era mais caro arrendar casa em Lisboa do que em Madrid, mesmo com o salário médio português muito mais baixo do que o espanhol.

É mais caro arrendar casa em Lisboa do que em Madrid

É mais caro arrendar casa em Lisboa do que em Madrid

No último trimestre de 2020, era mais caro arrendar casa em Lisboa do que em Madrid, mesmo com o salário médio português muito mais baixo do que o espanhol.

De acordo com o Country Economy, o vencimento mensal médio de um português era de 1.391,2 euros. Em Espanha, é bem mais alto, fixando-se em 2.244,5 euros mensais. Ainda assim, arrendar casa mobilada em Lisboa fica mais caro do que em Madrid. No último trimestre de 2020, o arrendamento médio de uma habitação familiar na capital portuguesa era de 1.121 euros – praticamente o mesmo valor do que ganha um lisboeta por mês. Arrendar casa na capital do país-vizinho situava-se, em média, nos 1.104 euros – mais barato do que em Lisboa e muito longe do ordenado médio espanhol.

LEIA DEPOIS
Portugueses abastecem carros em Espanha com combustível 36 cêntimos mais barato

Onde é mais caro arrendar casa?

Analisando o mesmo período – últimos três meses de 2020 –, Londres era a cidade mais cara para alugar apartamento entre as 22 principais cidades europeias. A 1.780 euros por mês, o arrendamento de casa em Londres era aproximadamente duas vezes mais alto do que em Turim, cidade mais barata para arrendar casa. Nove cidades viram o arrendamento médio aumentar entre os quartos trimestres de 2019 e 2020. O maior crescimento foi observado em Paris, onde os custos aumentaram 5,5%. Em contraste, em Berlim os arrendamentos caíram quase 12,6% [ver quadro abaixo].

Statistic: Average monthly rental cost of a furnished one-bedroom apartment in select European cities as of 4th quarter 2019 and 4th quarter 2020 (in euros) | Statista

Por que sobem e descem os arrendamentos?

Um dos principais fatores que impulsionam os arrendamentos nas cidades europeias é o mesmo do que qualquer outro negócio ligado para o consumidor. Se a procura supera a oferta, os preços inflacionam. A tendência para que profissionais altamente remunerados estejam localizados centralmente em localizações privilegiadas, combinada com os baixos níveis de espaço disponível, terreno elevado e custos de construção, ajudam a manter os preços dos arrendamentos em crescimento.

Texto: Luís Martins
Foto: Unsplash

Impala Instagram


RELACIONADOS