‘Designers’ Miguel Vieira e David Catalán participam sábado na Semana da Moda de Milão

Os ‘designers’ Miguel Vieira e David Catalán participam, no próximo sábado, na Semana da Moda de Milão, que arranca no dia anterior com desfiles presenciais e outros via digital, confirmou hoje o Portugal Fashion.

'Designers' Miguel Vieira e David Catalán participam sábado na Semana da Moda de Milão

‘Designers’ Miguel Vieira e David Catalán participam sábado na Semana da Moda de Milão

Os ‘designers’ Miguel Vieira e David Catalán participam, no próximo sábado, na Semana da Moda de Milão, que arranca no dia anterior com desfiles presenciais e outros via digital, confirmou hoje o Portugal Fashion.

À semelhança do que aconteceu em setembro de 2020, devido às restrições de distanciamento relacionadas com a covid-19, os desfiles dos dois criadores vão decorrer “sem público e serão gravados para posterior emissão na plataforma digital da Semana da Moda de Milão para homem”, explicou hoje fonte oficial do Portugal Fashion à agência Lusa.

No sítio oficial da Internet da Câmara Nacional da Moda Italiana é indicado que o desfile de moda de Miguel Vieira vai ser apresentado às 15:00 (14:00 de Lisboa) de sábado, a seguir ao desfile presencial da marca italiana Fendi.

O desfile do criador David Catalán vai ser também apresentado em formato vídeo no sábado, mas no horário da manhã, às 11:00 (10:00 de Lisboa).

Segundo fonte do Portugal Fashion, a ‘designer’ Alexandra Moura vai participar no calendário oficial da Semana da Moda de Milão para mulher, previsto para os dias entre 23 de fevereiro e 01 de março.

O Portugal Fashion, que celebrou em 2020 o seu 25.º aniversário, é um projeto da responsabilidade da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), que conta com o apoio dos seus parceiros estratégicos e é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 — Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.934.693 mortos resultantes de mais de 90,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

CCM // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS