Crescimento da economia grega desacelera no segundo trimestre face ao anterior

A economia da Grécia cresceu 0,2% no segundo trimestre deste ano, face aos três meses anteriores, e 1,8% em relação a igual período de 2017, indicam dados provisórios hoje divulgados pelo Gabinete de Estatísticas helénico (Elstat).

Crescimento da economia grega desacelera no segundo trimestre face ao anterior

Crescimento da economia grega desacelera no segundo trimestre face ao anterior

A economia da Grécia cresceu 0,2% no segundo trimestre deste ano, face aos três meses anteriores, e 1,8% em relação a igual período de 2017, indicam dados provisórios hoje divulgados pelo Gabinete de Estatísticas helénico (Elstat).

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) grego foi inferior ao registado no primeiro trimestre deste ano, altura em que a atividade económica se expandiu 0,9%.

As importações de bens e serviços cresceram 4,8%, na comparação com o primeiro trimestre, enquanto as exportações registaram um acréscimo de 3,9%.

A Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) manteve-se no mesmo nível de crescimento observado no primeiro trimestre, enquanto o consumo final aumentou 0,5%.

Na comparação homóloga, as exportações registaram um aumento de 9,4% e as importações helénicas tiveram um acréscimo de 4,3%.

A FBCF caiu, no período em análise, 5,4% e o consumo final teve um acréscimo de 0,8%.

O segundo trimestre é o sexto consecutivo em que a economia grega regista crescimento, depois de sete anos de recessão.

O crescimento da economia é um fator determinante para a saída do país da crise, pois a Grécia está obrigada a apresentar um excedente orçamental primário (que exclui o pagamento de juros) de 3,5% do PIB em 2022 e de 2,2% a partir desta data até 2060.

Para este ano, o governo do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, prevê um crescimento do PIB de 2,3%, depois de 1,4% em 2017.

JS // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS