Covid-19: Governo grego prevê queda da economia de 4,7%

O Governo grego prevê que a pandemia de covid-19 levará este ano a uma contração da economia de 4,7%, um valor muito mais moderado do que o colapso de 10% contemplado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) nas suas projeções recentes.

Covid-19: Governo grego prevê queda da economia de 4,7%

Covid-19: Governo grego prevê queda da economia de 4,7%

O Governo grego prevê que a pandemia de covid-19 levará este ano a uma contração da economia de 4,7%, um valor muito mais moderado do que o colapso de 10% contemplado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) nas suas projeções recentes.

Segundo o Plano de Estabilidade do Ministério das Finanças grego enviado a Bruxelas, em 2021 haverá, em vez disso, uma clara retoma do Produto Interno Bruto (PIB), que crescerá 5,1%.

O desemprego aumentará este ano mais de dois pontos percentuais. Os 17,3% da população ativa em 2019 vão aumentar para os 19,9%, antes de cair para 16,4% em 2021, “desde que os esforços sejam bem-sucedidos de apoiar as empresas afetadas e de salvar empregos”, segundo o plano aprovado pelo Governo durante esta crise sanitária, citado pela agência espanhola Efe.

Além da queda de 4,1% no consumo privado, a principal queda virá da balança comercial, com um previsível retrocesso nas exportações de 19,2% e 14,2% nas importações.

De acordo com as previsões, os preços cairão 0,3% em 2020 e aumentarão 0,6% em 2021.

HN // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS