Covid-19: CGD com 67 mil moratórias no final de janeiro, mais 4.600 do que em outubro

A Caixa Geral de Depósitos tinha 67 mil contratos sob moratória aplicada no âmbito da pandemia de covid-19, mais 4.683 que no final de outubro, divulgou hoje o banco público.

Covid-19: CGD com 67 mil moratórias no final de janeiro, mais 4.600 do que em outubro

Covid-19: CGD com 67 mil moratórias no final de janeiro, mais 4.600 do que em outubro

A Caixa Geral de Depósitos tinha 67 mil contratos sob moratória aplicada no âmbito da pandemia de covid-19, mais 4.683 que no final de outubro, divulgou hoje o banco público.

De acordo com dados divulgados durante a apresentação de resultados de 2020 (lucros de 492 milhões de euros), em Portugal, a 31 de janeiro, a CGD tinha 67.070 contratos abrangidos pelas moratórias implementadas na sequência da pandemia, mais 4.683 do que os 62.387 divulgados na última apresentação de resultados, referentes ao final de outubro.

No total, as moratórias, no final de janeiro, abrangiam 5.992 milhões de euros, uma subida face aos 5.651 milhões de euros registados em 30 de outubro.

Dos 67.070 contratos sob moratória no final de janeiro, 46.056 (no valor de 2.646 milhões de euros) diziam respeito a particulares e 21.014 (no valor de 3.356 milhões de euros) a empresas.

No final de janeiro, as moratórias representavam 10,7% da carteira de crédito a particulares, 21,7% da carteira de crédito a empresas e 13,7% da carteira de crédito total.

Em outubro, nos clientes particulares, as operações de crédito com moratórias eram 40.927, abrangendo um valor total de 2.302 milhões de euros, enquanto nas empresas as operações com moratórias eram 21.460, num valor de empréstimos total de 3.349 milhões de euros.

Relativamente a linhas de crédito, no final de janeiro as dedicadas à covid-19 totalizavam 1.621 milhões de euros (correspondente a 11.373 operações), dos quais 1.270 milhões de euros abrangidos por garantias públicas e 352 milhões de euros com garantias do Fundo Europeu de Investimento (FEI).

Em outras linhas de crédito, o banco público totalizou 13.235 milhões de euros, dos quais 5.038 no ano atual, 2.679 em crédito pré-aprovado e 5.498 em contas corrente disponíveis.

JE/ALYN // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS