Covid-19: Angola com mais 131 casos e seis óbitos e 416 recuperações

Angola registou mais 131 casos de covid-19 e seis óbitos, bem como a recuperação de 416 pessoas, nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico de hoje da Direção Nacional de Saúde Pública.

Covid-19: Angola com mais 131 casos e seis óbitos e 416 recuperações

Covid-19: Angola com mais 131 casos e seis óbitos e 416 recuperações

Angola registou mais 131 casos de covid-19 e seis óbitos, bem como a recuperação de 416 pessoas, nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico de hoje da Direção Nacional de Saúde Pública.

Os novos casos foram reportados em Luanda (77), Huambo (30), Huíla (11), Cabinda (5), Moxico (3), Benguela (2), Malanje (2) e Uíge (1) com idades entre 5 meses e 96 anos, sendo 64 do sexo masculino e 67 do feminino.

Neste período foram reportados seis óbitos, dois do sexo masculino e quatro feminino, entre 2 e 96 anos, sendo dois na Huíla, dois no Huambo, um em Malanje e um em Luanda.

No entanto, 416 pessoas foram recuperadas da doença, com idades entre 1 e 86 anos, sendo 306 em Luanda, 47 no Huambo, 33 na Huíla, 11 no Cuanza Sul, sete no Cuando Cubango, sete no Zaire, dois em Benguela, dois em Cabinda e um em Malanje.

Os laboratórios processaram 2.060 amostras por RT-PCR. O total de testes ascende a 618.306 amostras, com uma taxa de positividade de 6%.

Angola soma desde o início da pandemia 36.921 casos, dos quais 842 óbitos, 30.775 recuperações, e 5.304 casos ativos (dos quais 13 em estado crítico e 38 graves), bem como 119 doentes internados e 128 pessoas em quarentena institucional.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.813.994 mortos no mundo, resultantes de mais de 176,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.049 pessoas dos 859.045 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

RCR // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS