Commerzbank passa de prejuízos para lucros de 9 ME até setembro

O Commerzbank, segundo maior banco privado da Alemanha e parcialmente nacionalizado, obteve lucros líquidos atribuíveis de nove milhões de euros nos primeiros nove meses, contra prejuízos de 168 milhões de euros no mesmo período de 2020, foi hoje anunciado.

Commerzbank passa de prejuízos para lucros de 9 ME até setembro

Commerzbank passa de prejuízos para lucros de 9 ME até setembro

O Commerzbank, segundo maior banco privado da Alemanha e parcialmente nacionalizado, obteve lucros líquidos atribuíveis de nove milhões de euros nos primeiros nove meses, contra prejuízos de 168 milhões de euros no mesmo período de 2020, foi hoje anunciado.

O Commerzbank informou hoje que as receitas totais melhoraram nos três primeiros trimestres para 6,36 mil milhões de euros (mais 3,3%).

“A implementação da nossa estratégia está a decorrer de acordo com o planeado e o negócio operacional também está a desenvolver-se bem. Apesar dos custos de reestruturação, antecipamos um resultado líquido positivo para o ano inteiro”, disse o presidente executivo da entidade, Manfred Knof.

O rendimento líquido de juros caiu 7,1% para 3.549 milhões de euros, mas o rendimento de comissões aumentou 8,5% para 2.692 milhões de euros.

O banco também reduziu as provisões para empréstimos improdutivos entre janeiro e setembro para 257 milhões de euros, menos 75,9% do que há um ano (1.067 milhões de euros).

O Commerzbank teve encargos de reestruturação de 1.052 milhões de euros até setembro devido ao corte dos 10.000 postos de trabalho até 2024 (201 milhões de euros há um ano), mas obteve um lucro operacional de 1.042 milhões de euros, acima dos 94 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2020.

O Commerzbank tem um rácio de capital próprio comum de alta qualidade para ativos ponderados pelo risco (CET 1) de 13,5% (inalterado em relação ao ano anterior) e um rácio de eficiência de 79,6% (contra 81,1% nos primeiros nove meses de 2020).

A diretora financeira, Bettina Orlopp, salientou que os números do terceiro trimestre são muito encorajadores e que o Commerzbank alcançou ganhos sólidos enquanto as provisões de risco permanecem baixas porque os custos estão sob controlo.

O Commerzbank espera um crescimento de receitas este ano, custos operacionais de 6.500 milhões de euros, provisões de menos de 700 milhões de euros, lucro operacional e um resultado líquido positivos.

Prevê também que o rácio de capital CET 1 seja de cerca de 13,5% até ao final do ano.

MC // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS