Clientes de eletricidade no mercado livre subiram 2% em junho para mais de 5,4 milhões

O mercado livre de eletricidade atingiu um número acumulado de mais de 5,4 milhões de clientes, um crescimento de 2% em termos homólogos, e de 12,6 mil clientes face a maio, adiantou a ERSE.

Clientes de eletricidade no mercado livre subiram 2% em junho para mais de 5,4 milhões

Clientes de eletricidade no mercado livre subiram 2% em junho para mais de 5,4 milhões

O mercado livre de eletricidade atingiu um número acumulado de mais de 5,4 milhões de clientes, um crescimento de 2% em termos homólogos, e de 12,6 mil clientes face a maio, adiantou a ERSE.

Redação, 12 ago 2021 (Lusa) — O mercado livre de eletricidade atingiu um número acumulado de mais de 5,4 milhões de clientes, um crescimento de 2% em termos homólogos, e de 12,6 mil clientes face a maio, adiantou a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

No seu boletim sobre o mercado liberalizado (ML) de eletricidade, a ERSE adiantou que o mercado livre alcançou neste mês mais de “5,4 milhões de clientes, correspondendo a 42.590 GWh [gigawatts/hora] de consumo anualizado, com um acréscimo de 12,6 mil clientes e 192 GWh de consumo, face a maio”.

Paralelamente, em termos homólogos, “o número de consumidores no ML cresceu 2% e em consumo no ML cresceu cerca de 1,3%”, sendo que a ERSE destaca “a este respeito que a queda de consumo anualizado durante o mês em análise continua associada aos impactes da pandemia de covid-19”.

De acordo com a ERSE, o consumo no mercado livre representa, em junho, 95% do consumo total registado em Portugal continental.

Em termos globais, “o consumo no mês de junho foi de 3.958 GWh, valor superior ao registado no mês anterior em cerca de 20,9%”, sendo que face ao período homólogo “o consumo mensal global apresentou um aumento de 7,9%, em virtude da situação pandémica”, referiu a entidade.

No que diz respeito à quota de mercado, indicou o regulador, “a EDP Comercial manteve a sua posição como principal operador no mercado livre em número de clientes (74%) e em consumo (42%)”, sendo que face a maio, a sua quota “diminuiu 0,2 p.p. [pontos percentuais] em número de clientes”, uma “situação que já vem a ocorrer desde junho de 2020”, destacou a ERSE.

Já m termos de consumo, a quota da empresa “registou também uma redução de 0,1 p.p. relativamente ao mês anterior”.

Por outro lado, a Endesa “manteve a liderança no segmento de clientes industriais (24%), registando uma redução de 0,4 p.p. da sua quota de mercado face a maio”.

Ainda assim, “o segmento dos grandes consumidores é liderado pela Iberdrola (25%), apresentando um decréscimo da sua quota em 0,2 p.p. face a maio de 2021”, revelou a ERSE.

Na informação hoje divulgada, o regulador salientou que “a concentração de mercado, em relação ao mês anterior, diminuiu 0,5 p.p. em número de clientes e 0,7 p.p. em termos de consumo”.

ALYN // CSJ

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS