CaixaBank reduz os lucros para 1.705 ME em 2019 com BPI a contribuir com 332 ME

Os resultados foram influenciados pelo custo do acordo com os sindicatos para reduzir o número de trabalhadores.

CaixaBank reduz os lucros para 1.705 ME em 2019 com BPI a contribuir com 332 ME

CaixaBank reduz os lucros para 1.705 ME em 2019 com BPI a contribuir com 332 ME

Os resultados foram influenciados pelo custo do acordo com os sindicatos para reduzir o número de trabalhadores.

Valência, Espanha, 31 jan 2020 (Lusa) — O grupo espanhol CaixaBank obteve lucros de 1.705 milhões de euros em 2019, uma diminuição de 14,1% em relação a 2018, com a filial portuguesa (BPI) a contribuir com 332 milhões de euros para estes resultados.

Na informação que transmitiu hoje à Comissão Nacional do Mercado Mobiliário (CNMV) espanhola, o banco espanhol sublinha que os resultados foram influenciados pelo custo do acordo com os sindicatos para reduzir o número de trabalhadores, que afetou cerca de 2.000 empregados e representou um gasto bruto de 978 milhões de euros para a empresa.

Sem levar em conta o impacto do acordo com os trabalhadores, que foi fechado no segundo trimestre de 2019 e que em termos líquidos foi de 685 milhões, o CaixaBank teria ganho 2.390 milhões de euros, um aumento de 20,4%, segundo o grupo espanhol.

O negócio bancário e segurador contribuiu com a maior parte do lucro do CaixaBank, com 1.060 milhões, enquanto o banco português BPI contribuiu com 332 milhões e as empresas participadas com 313 milhões.

O banco espanhol sublinha o crescimento das receitas dos negócios principais que totalizaram 8.316 milhões em 2019, mais 1,2% do que no ano anterior.

O rácio de crédito malparado caiu para 3,6% (menos 108 pontos base no ano), o nível mais baixo atingido pelo CaixaBank, com uma taxa de cobertura de 55% e o custo do risco de 0,15%.

O volume de negócios (empréstimos mais recursos) cresceu 4,7%, para 611.692 milhões de euros e os recursos totais dos clientes aumentaram 6,9% em 2019, devido ao aumento dos ativos geridos em 8,9%, para 102.316 milhões de euros.

Por outro lado, o rácio ‘Common Equity Tier 1’ (CET1) atingiu 12% em 31 de dezembro passado.

Os ativos líquidos totais no fim do ano passado totalizavam 89.427 milhões de euros, com um aumento de 9.897 milhões de euros no exercício e com um rácio de cobertura da liquidez médio do grupo de 186%, acima do mínimo exigido de 100%.

O CaixaBank conta hoje com 35.736 funcionários, menos 1.704 do que em 2018, e tem uma rede de 4.595 agências, menos meio milhar.

FPB // SB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS