Brexit: Ford pressiona May para evitar saída sem acordo

Brexit: Ford pressiona May para evitar saída sem acordo

O construtor automóvel Ford, que emprega 13.000 pessoas no Reino Unido, está a pressionar a primeira-ministra britânica para evitar um ‘Brexit’ sem acordo com a União Europeia, disse hoje à AFP fonte próxima do dossiê.

A empresa norte-americana apresentou recentemente a Theresa May medidas que pondera tomar caso se concretize uma saída britânica da UE sem acordo, adiantou a fonte, que pediu anonimato.

Todas as opções estão em cima da mesa, incluindo uma transferência da produção do Reino Unido para outro país europeu, mas ainda é cedo para dizer quais as medidas que vão ser tomadas, acrescentou.

“Pedimos desde há muito ao Governo e ao Parlamento britânicos para trabalharem juntos no sentido de evitar que o país deixe a UE sem acordo”, disse uma porta-voz do grupo.

Uma saída sem acordo seria “catastrófica para a indústria automóvel britânica e para as operações de produção da Ford no país”, acrescentou.

“Estamos a tomar todas as medidas necessárias para preservar a competitividade da nossa atividade europeia. Hoje, não temos nada para anunciar”, disse a porta-voz.

No passado dia 24 de janeiro, a Ford indicou que um ‘Brexit’ sem acordo lhe custaria 800 milhões de dólares.

Esse custo inclui o abrandamento económico esperado, a descida da libra e o restabelecimento de direitos aduaneiros entre o Reino Unido e a UE, explicou o construtor.

A Ford, que tem 54.000 empregados na Europa, pode suprimir mais de mil empregos no Reino Unido, onde fabrica principalmente motores.

EO // CSJ

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Brexit: Ford pressiona May para evitar saída sem acordo

O construtor automóvel Ford, que emprega 13.000 pessoas no Reino Unido, está a pressionar a primeira-ministra britânica para evitar um ‘Brexit’ sem acordo com a União Europeia, disse hoje à AFP fonte próxima do dossiê.