Brasil “acolheria bem” criação de bloco económico de países do Golfo Pérsico – deputado

O Brasil acolheria com satisfação a criação de um bloco económico dos países do Golfo Pérsico semelhante aos BRICS, afirmou Eduardo Bolsonaro, o deputado que lidera a comissão parlamentar de Negócios Estrangeiros e Defesa brasileira.

Brasil

Brasil “acolheria bem” criação de bloco económico de países do Golfo Pérsico – deputado

O Brasil acolheria com satisfação a criação de um bloco económico dos países do Golfo Pérsico semelhante aos BRICS, afirmou Eduardo Bolsonaro, o deputado que lidera a comissão parlamentar de Negócios Estrangeiros e Defesa brasileira.

“Estamos abertos a novos mercados e novas oportunidades, por isso acolheríamos bem uma ideia dessas”, afirmou em entrevista à agência de notícias dos Emirados Árabes Unidos (EAU) divulgada hoje o deputado brasileiro, filho do chefe de Estado do país, que preside ao bloco económico das cinco maiores economias emergentes: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (BRICS).

“Isto é uma coisa que o Presidente brasileiro pode discutir com os líderes dos Emirados Árabes Unidos (UAE) durante a visita de Estado”, afirmou o congressista de 35 anos, revelando que o Presidente Jair Bolsonaro aceitou o convite para realizar uma visitar ao país em outubro próximo.

O chefe da diplomacia dos EAU, Abullah bin Zayed Al Nahyan, anfitrião do deputado brasileiro, foi o primeiro governante de um Estado árabe a visitar o Brasil após a tomada de posse de Bolsonaro.

O deputado brasileiro enumerou um conjunto assuntos em que os dois países têm posições semelhantes, designadamente em matéria de combate ao terrorismo e isenção de vistos que permite aos cidadãos dos dois países viajarem sem restrições nos dois sentidos desde junho de 2018.

APL // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS