Bolsa de Nova Iorque segue em alta animada pelo pacote de estímulos de Biden

A bolsa de Nova Iorque está hoje a negociar em terreno positivo animada pela aprovação eminente do pacote de estímulos dos Estados Unidos, apesar do receio dos investidores com a inflação e a pandemia de covid-19.

Bolsa de Nova Iorque segue em alta animada pelo pacote de estímulos de Biden

Bolsa de Nova Iorque segue em alta animada pelo pacote de estímulos de Biden

A bolsa de Nova Iorque está hoje a negociar em terreno positivo animada pela aprovação eminente do pacote de estímulos dos Estados Unidos, apesar do receio dos investidores com a inflação e a pandemia de covid-19.

Pelas 14:51 hora de Lisboa, o Dow Jones Industrial valoriza 0,65% para 32.031,33 pontos, enquanto o Standard & Poor’s 500 recuperava 1,08% para 3.863,64 pontos e o tecnológico Nasdaq avançava 2,55% para 12.928,77 pontos.

Os analistas citados pela agência Bloomberg consideram que os investidores estão a “apostar em força” na possibilidade de uma reabertura da economia dos Estados Unidos, enquanto prossegue a vacinação da população.

Para já a política monetária dos bancos centrais mantém-se, pese embora o risco de inflação, com os investidores a manterem a esperança no pacote de estímulo económico que o Senado norte-americano está a votar e poderá ser a ‘alavanca’ de que os EUA necessitam para recuperar da crise provocada pela pandemia.

Na sessão de segunda-feira, os operadores da bolsa de Nova Iorque estiveram a desfazer-se de certos ativos tecnológicos cotados no índice Nasdaq, que têm tido um desempenho muito elevado durante a pandemia, em favor de ativos com valor ou cíclicos, segundo os analistas da Bloomberg.

Os juros da dívida norte-americana quase atingiu novos máximos do último ano, mas os mercados começaram a voltar-se para o novo pacote de estímulos de Joe Biden que parece estar cada vez mais próximo de se concretizar e que representa uma injeção de 1,9 biliões de dólares.

Os investidores estão também atentos aos leilões do Tesouro dos próximos dias, segundo a Bloomberg – três leilões de dívida que totalizam 120 milhões de dólares — pela indicação que podem dar ao nível da evolução dos juros.

O euro, por sua vez, estava hoje a perder 0,3% para 1,887 dólares, enquanto que os juros dos títulos do Tesouro a 10 anos caíam cinco pontos base para 1,54%.

O barril de petróleo bruto WTI (West Texas Internacional) perdia 0,3% para 64,87 dólares, enquanto o Brent se cotava a 68,2 dólares o barril.

A ouro, por seu lado, valorizava 1,6% para 1.7101 dólares a onça.

Na segunda-feira, a bolsa de Nova Iorque encerrou mista, com o Dow Jones a avançar 0,97% para 31.802,44 pontos, contra o atual máximo desde que foi criado em 1896, de 31.961,86 pontos, em 24 de fevereiro.

Em sentido contrário, o tecnológico Nasdaq fechou em baixa, a recuar 2,41% para 12.609,16 pontos, contra o atual máximo de 14.095,47 pontos em 12 de fevereiro.

Por último, o índice Standard & Poor’s encerrou a sessão de segunda-feira a cair 0,54% para 3.821,35 pontos.

JS // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS