Bolsa de Nova Iorque negoceia em alta com alívio da tensão na guerra comercial

A bolsa de Nova Iorque está hoje a negociar em alta, com os investidores a aguardar a decisão da Reserva Federal sobre os juros e perante algumm alívio no dossier comercial entre Estados Unidos e China.

Bolsa de Nova Iorque negoceia em alta com alívio da tensão na guerra comercial

Bolsa de Nova Iorque negoceia em alta com alívio da tensão na guerra comercial

A bolsa de Nova Iorque está hoje a negociar em alta, com os investidores a aguardar a decisão da Reserva Federal sobre os juros e perante algumm alívio no dossier comercial entre Estados Unidos e China.

Pelas 14:53, hora de Lisboa, o índice Dow Jones Industrial subia 0,26% para 27.252,86 pontos, enquanto o Standard & Poor’s avançava 0,13% para 3.013,44 pontos e o tecnológico Nasdaq ganhava 0,07% para 8.200,28 pontos.

A agência de notícias estatal chinesa Xinhua, citando fontes oficiais não identificadas, anunciou hoje que a China isentará de taxas alfandegárias retaliatórias a soja e a carne de porco e outros produtos agrícolas dos Estados Unidos, num possível gesto de boa vontade antes das negociações entre os dois países.

No entanto, não foi referido se ou quando voltarão a aumentar as taxas sobre estes produtos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não descartou na quinta-feira a possibilidade de haver um acordo provisório com a China, pese embora tenha dito que prefere um acordo mais amplo que tenha em conta as preocupações norte-americanas.

O Governo norte-americano quer “avanços substanciais” nas negociações comerciais com a China, já no início de outubro, mas admite todos os cenários, disse também na quinta-feira o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

Estados Unidos e China vão voltar à mesa das negociações, no final de setembro, para preparar um encontro em Washington entre o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, e a delegação norte-americana, em que Mnuchin estará acompanhado do representante para o Comércio, Robert Lightizer.

Os analistas disseram hoje que os investidores estão à espera da reunião de política monetária da Fed norte-americana na próxima semana.

Depois de na quinta-feira o Banco Central Europeu (BCE) ter cortado a taxa de juro diretora, os investidores estão agora a antecipar que a Fed siga o mesmo caminho em relação às taxas de juro de referência do país.

A bolsa nova-iorquina encerrou na quinta-feira em terreno positivo, com os investidores animados pela esperança de progressos nas negociações sino-norte-americanas e pelos estímulos económicos anunciados pelo Banco Central Europeu (BCE).

Os três índices mais emblemáticos de Wall Street evoluem assim nas proximidades dos seus recordes recentes.

JS // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS