Bolsa de Lisboa em alta com J. Martins e EDP Renováveis a subirem mais de 1%

bolsa de Lisboa estava hoje em alta, a manter a tendência da abertura, com as ações da Jerónimo Martins e da EDP renováveis a subirem 1,16% para 22,60 euros e 1,09% para 25,13 euros.

Bolsa de Lisboa em alta com J. Martins e EDP Renováveis a subirem mais de 1%

Bolsa de Lisboa em alta com J. Martins e EDP Renováveis a subirem mais de 1%

bolsa de Lisboa estava hoje em alta, a manter a tendência da abertura, com as ações da Jerónimo Martins e da EDP renováveis a subirem 1,16% para 22,60 euros e 1,09% para 25,13 euros.

Cerca das 08:45 em Lisboa, o PSI avançava 0,62% para 6.068,34 pontos, com 11 ‘papéis’ a subirem, um a descer (Galp -1,25% para 10 euros) e três a manterem a cotação (Greenvolt em 8,99 euros, Ren em 2,76 euros e Semapa em 14,06 euros).

Às ações da Jerónimo Martins e da EDP Renováveis seguiam-se as da Altri e da Mota-Engil, que subiam 0,86% para 5,26 euros e 0,67% para 1,21 euros.

As ações dos CTT e do BCP subiam 0,60% para 3,37 euros e 0,49% para 0,14 euros.

As outras cinco ações que subiam de cotação registavam acréscimos entre 0,19% e 0,47%.

O PSI (Portugal Stock Index) é desde 21 de março o principal índice da Bolsa de Lisboa com uma primeira carteira composta por 15 das 19 empresas que integravam o antecessor PSI20.

Na Europa, as principais bolsas negociavam hoje em alta, a seguir registada na quarta-feira na bolsa de Nova Iorque.

Na quarta-feira, a bolsa de Wall Street terminou em alta, com o Dow Jones a subir 1,29% para 32.812,50 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro deste ano.

O Nasdaq fechou a valorizar-se 2,59% para 12.668,16 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro do ano passado.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0180 dólares, contra 1,0150 na quarta-feira, depois de ter terminado em 14 de julho abaixo da paridade, a 0,9991 dólares, um mínimo desde 2002.

O barril de petróleo Brent para entrega em outubro abriu também com tendência ascendente no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mas a cotar-se a 97,07 dólares, contra 96,78 dólares na quarta-feira.

MC // SB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS