Bolsa de Lisboa contraria Europa e regista quarta queda consecutiva

A bolsa de Lisboa encerrou hoje em terreno negativo, pela quarta sessão consecutiva, com o índice PSI20 a contrariar a tendência europeia e a recuar 0,06% para 5.226,97 pontos.

Bolsa de Lisboa contraria Europa e regista quarta queda consecutiva

Bolsa de Lisboa contraria Europa e regista quarta queda consecutiva

A bolsa de Lisboa encerrou hoje em terreno negativo, pela quarta sessão consecutiva, com o índice PSI20 a contrariar a tendência europeia e a recuar 0,06% para 5.226,97 pontos.

Das 18 cotadas que integram o PSI20, nove subiram, oito desceram e uma ficou inalterada. A REN liderou as descidas e caiu 1,47% para 2,68 euros.

Nas maiores descidas, a Navigator caiu 1,04% para 3,44 euros, a NOS perdeu 0,74% para 4,83 euros e a Ramada Investimentos cedeu 0,68% para 5,84 euros.

Com desvalorizações mais baixas, terminaram a Altri (5,76 euros), a Mota-Engil (1,84 euros), a Galp (15,60 euros) e a Pharol (0,10 euros).

Os acionistas da Pharol (ex-Portugal Telecom) aprovaram hoje por unanimidade os dois pontos que estavam para votação na assembleia-geral do grupo, incluindo a destituição de três administradores.

Na reunião, foi aprovada a redução para seis do número de membros do Conselho de Administração, com consequente destituição imediata de três dos nove administradores.

Nas subidas, a Ibersol destacou-se ao avançar 1,49% para 8,20 euros, seguida da Sonae Capital, que ganhou 0,92% para 0,77 euros, e do BCP, que avançou 0,80% para 0,20 euros.

Com subidas inferiores, encerraram a Semapa (13,66 euros), a EDP (3,82 euros), os CTT (3,23 euros), a Jerónimo Martins (14,93 euros), a Corticeira Amorim (11,60 euros) e a Sonae SGPS (0,90 euros).

A EDP Renováveis manteve-se em 10,20 euros por ação.

As principais bolsas europeias terminaram com ganhos. Frankfurt subiu 0,71%, Paris 0,31%, Madrid 0,12% e Londres registou apenas uma variação positiva de 0,01%.

EO (ALYN) // CSJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS