Beira Interior promove vinhos em cinco cidades espanholas

Beira Interior promove vinhos em cinco cidades espanholas

A Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, com sede na Guarda, vai realizar até outubro, pela primeira vez, cinco ações de promoção de vinhos em igual número de cidades espanholas, foi hoje anunciado.

*** Serviço áudio disponível em www.lusa.pt ***

“Entre setembro e outubro vamos, pela primeira vez, fazer cinco ações de promoção em Espanha: em Madrid, Salamanca, Barcelona, Valência e Baiona”, disse hoje à agência Lusa o diretor técnico da CVRBI, Rodolfo Queirós.

Segundo o responsável, são ações específicas dirigidas “a gente que trabalha no setor” como escanções, compradores ou donos de restaurantes.

De acordo com Rodolfo Queirós, a primeira iniciativa será realizada na sexta-feira, em Madrid, seguindo-se Salamanca (na segunda-feira), Barcelona (no dia 02 de outubro), Baiona (dia 15) e Valência (dia 23).

“Vamos andar nessas cinco cidades a tentar vender os vinhos da Beira Interior”, disse.

Apesar de reconhecer que Espanha é o maior produtor do mundo de vinhos, Rodolfo Queirós sublinha que, “hoje em dia, há uma apetência, sempre, por coisas diferentes”.

Lembrou que a região da Beira Interior possui as castas Síria e Fontecal, que não existem em Espanha, o que pode constituir “um fator diferenciador” para a aquisição de vinho pelos espanhóis.

Por outro lado, segundo aquele responsável da CVRBI, os vinhos portugueses “são mais baratos” do que aqueles que são comercializados em Espanha.

Portugal também recebe muitos turistas espanhóis que adquirem e divulgam os vinhos nacionais naquele país, apontou.

Rodolfo Queirós disse ainda à Lusa que, até finais de novembro, a CVRBI vai participar em mais duas ações no estrangeiro, uma no Brasil e outra na Suíça, e em três nacionais, duas em Lisboa e uma em Pinhel, no distrito da Guarda, com mais uma edição do Salão Beira Interior – Vinhos e Sabores.

O responsável reconhece que a divulgação dos vinhos da Beira Interior no estrangeiro tem contribuído para o aumento das exportações, dando o exemplo de um produtor de vinhos biológicos que vende para várias geografias, como Noruega, Suécia, Canadá, Estados Unidos da América e Japão.

A CVRBI tem sede na Guarda, no Solar do Vinho, e abrange as zonas vitivinícolas de Castelo Rodrigo, Pinhel e Cova da Beira, nos distritos de Guarda e de Castelo Branco, onde existem 65 produtores de vinho, sendo quatro adegas cooperativas e 61 produtores particulares.

ASR // SSS

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Beira Interior promove vinhos em cinco cidades espanholas

A Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, com sede na Guarda, vai realizar até outubro, pela primeira vez, cinco ações de promoção de vinhos em igual número de cidades espanholas, foi hoje anunciado.