BCP cai 3,49% e pressiona PSI20

A bolsa de Lisboa fechou hoje com o índice PSI20 a descer 0,15% para 5.282,06 pontos, pressionado essencialmente por uma queda de 3,49% do BCP.

BCP cai 3,49% e pressiona PSI20

BCP cai 3,49% e pressiona PSI20

A bolsa de Lisboa fechou hoje com o índice PSI20 a descer 0,15% para 5.282,06 pontos, pressionado essencialmente por uma queda de 3,49% do BCP.

Das 18 cotadas que integram o PSI20, 10 subiram e oito desceram. O BCP, que liderou as descidas, caiu para 0,19 euros, seguido da NOS, que cedeu 2,80% para 4,44 euros.

Nas maiores descidas ficaram ainda os CTT, que baixaram 1,50% para 2,89 euros e a Galp, que perdeu 1,42% para 13,56 euros, acompanhando esta última a descida do preço do petróleo.

O preço do barril de petróleo Brent para entrega em abril estava a hoje a cair para 53,63 dólares, o valor mais baixo desde dezembro de 2018.

Com desvalorizações inferiores a 0,50% terminaram a REN (2,72 euros), a Pharol (0,10 euros) e a Mota-Engil (1,67 euros).

Em sentido contrário, a Ibersol subiu 4,65% para nove euros, a Jerónimo Martins avançou 2,04% para 16,23 euros e a EDP somou 1,31% para 4,65 euros.

Com subidas mais baixas ficaram a Ramada Investimentos (5,68 euros), a Altri (5,74 euros), a Navigator (3,30 euros), a Corticeira Amorim (10,54 euros), a Sonae SGPS (0,83 euros), a Sonae Capital (0,76 euros) e a EDP Renováveis (12,32 euros).

As principais bolsas europeias terminaram sem uma direção definida. Londres perdeu 0,27%, Paris baixou 0,23% e Frankfurt desceu 0,15%, mas Madrid e Milão escaparam a esta tendência e subiram 0,5% e 0,12%, respetivamente.

EO // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS